Unidas por... Mossoró?

Foto: Raul Pereira
11 Jul
12:21 2016
A+   a-

A evidente aproximação entre os grupos políticos da ex-deputada Sandra Rosado e da ex-governadora Rosalba Ciarlini reforça que o que está em jogo não é simplesmente uma união para “resgatar” Mossoró, como têm defendido, em algumas ocasiões, as primas e adversárias por quase três décadas.

Longe do Poder, Rosalba e Sandra não encontram outra alternativa senão deixarem as “arengas” de lado para retomarem o protagonismo político que outrora detinham na cidade. Difícil é explicar ao povo que essa união é pelo “bem” de Mossoró. Afinal, são quase 30 anos trocando farpas, acusações.

Os militantes do “Sandrismo” e do “Rosalbismo” já estão em polvorosa com a possibilidade cada vez mais real dessa aliança se concretizar. Colocar no mesmo palanque adversários históricos é uma tarefa complexa. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

Relembre um pouco do histórico de Sandra e Rosalba nas eleições municipais das últimas três décadas:

1988: Laíre é derrotado por Rosalba na campanha de 1988

1992: Sandra é eleita vice-prefeita de Mossoró, em chapa encabeçada por Dix-huit Rosado, vencendo o candidato apoiado por Rosalba, Luiz Pinto

1996: Rosalba é eleita prefeita pela segunda vez, derrotando diretamente Sandra

2000: Sandra apoia Fafá Rosado, que perde a campanha para Rosalba

2004: Fafá passa ser apoiada por Rosalba e vence a eleição, derrotando Larissa Rosado

2008: Larissa perde mais uma vez a disputa pela Prefeitura, sendo vencida novamente por Fafá

2012: Rosalba apoia Cláudia Regina e impõe à Larissa mais uma derrota

2014: No pleito suplementar, Rosalba se mantém neutra; Larissa sofre a maior derrota de sua vida pública, perdendo para Francisco José Júnior

2016: Rosalba e Sandra juntas?

 

 


COMENTÁRIOS