O silêncio dos coniventes!

06 Set
00:12 2017
A+   a-
Da redação
Ninguém, absolutamente ninguém daquela turma de indignados (alguns veículos de comunicação e alguns vereadores) até o dia 31 de dezembro do ano passado está reclamando do caso na saúde, nas praças e na segurança em Mossoró-RN.

Não está classificando o gestor de irresponsável, como faziam de manhã, tarde e noite;

De criminoso, como faziam de manhã, de tarde e de noite;

Usavam adjetivos impronunciáveis nos rádio, nas redes sociais, em tudo quando fosse meio de comunicação para transformar Francisco Jose Jr Silveira no demônio.

Passados oito meses de gestão Rosalba Ciarlini, podemos anotar:

A suspensão das cirurgias eletivas, das diárias para os policiais trabalharem nos dias de folga, da ortopedia do BH, retirada de 50% dos médicos das UPAs, deixar as UBS sem material básico e UPAs também, não fazer a manutenção das praças centrais, ruas cheias de buracos e escuras, escolas com aulas só em 4 dias da semana por falta de professor para sexa-feira, enfim, nada disto foi capaz de inspirar os indignados até 31 de dezembro de 2016 a denunciar o caos vivenciado neste ano de 2017.

É o silêncio dos coniventes a favor do sofrimento de quem precisa de cirurgia eletiva ou de quem precisou de uma simples dipirona nas UPAs nesta terça-feira, 5.

Queriam somente destruir Francisco José Junior politicamente com mentiras e até coisa pior e conseguiram.

Queriam trazer a pior governadora da história do Rio Grande do Norte, implicada até na Lava Jato, acusada de desviar quase R$ 12 milhões do Hospital da Mulher, para o cargo de prefeita de Mossoró, dando a ela a prerrogativa de foro privilegiado perante a Justiça.

Conseguiram!


Irresponsáveis!

COMENTÁRIOS