Campanha de Carlos Eduardo empaca; não cresceu nem em Mossoró, terra do vice sem noção

01 Set
13:42 2018
A+   a-
Da redação
A campanha de Carlos Eduardo Alves entrou em setembro sem conseguir decolar em Mossoró, terra de seu vice Kadu Rosado sem noção (declarou na Rádio Rural que pode vencer a eleição no primeiro turno) e também as outras regiões do RN.

No Alto Oeste do RN, apesar da força do prefeito Leonardo Rego, de Pau dos Ferros, foi um fracasso. Chegou a perguntar cadê o povo. Passou vexame em várias cidades próximas a Pau dos Ferros. Ficou praticamente falando só.

Em Mossoró, no final de semana passado, a presença de Rosalba serviu apenas para alguns comissionados gritarem de esquina em esquina. Ao invés de ocuparem o largo do Ferro de Engomar, ficaram numa rua estreita e ainda assim haviam poucas pessoas.

Os terceirizados da Prefeitura já não querem mais ir aos comícios, como mandados/orientados, pois Rosalba deixou de pagar a eles para fazer contrato de quase dois milhões com uma empresa (Troia) de Fortaleza, sem licitação, para prestação de serviços de mão de obra.

A única movimentação de rua que conseguiu participar com sucesso foi nesta sexta-feira, 21, em Santa Cruz, pegando carona no prestígio do deputado candidato a reeleição Tomba Faria, o deputado que se consagrou como o quinto mais votado na eleição passada e caminha para ser o mais votado nesta campanha. Neste caso de Santa Cruz, Carlos Eduardo foi personagem secundário. A festa era de Tomba.

Antônio Jácome, o segundo senador de Carlos Eduardo, não se integrou a campanha. Fala-se que o dinheiro para os gastos básicos não chegou. Quando chegar, talvez ele se junte a Carlos Eduardo e espera-se, sinceramente, que não seja para passar vexame.  E se observar bem, Jácome diz em sua propaganda politica que é um nome limpo e deve ser difícil ficar ao lado.

O blogue recebeu informações que o staff está pegando ar.

COMENTÁRIOS