POLÍCIA

​Grossos registra homicídio depois de um ano; radialista é morto a tiros

Foto: Arquivo Pessoal
11 Jan
08:33 2017
A+   a-
Da redação
O município de Grossos registrou na manhã desta quarta-feira (11), um crime de homicídio depois de passar o ano inteiro de 2016 sem registrar nenhuma ocorrência do tipo. 

A vítima foi identificada como Antônio Cézar Leal da Silva, 43 anos, que é agente de saúde e também bastante conhecido na cidade por cantar e compor músicas de políticas durante as campanhas eleitorais. 

A Polícia Militar isolou o local até a chegada do ITEP para remoção do corpo. 

O escrivão de Polícia Civil da cidade, Cristiano, confirmou ao MOSSORÓ HOJE que o crime ocorreu por volta de 7h30 quando a vítima saía de casa. Cézar Leal também trabalhava como locutor, passando informações de Grossos para uma rádio de Areia Branca.

O crime ocorreu na Rua Terezinha de Souza, próximo a entrada que dá acesso a Prainha. 

"Ele estava saindo quando elementos chegaram e efetuaram os disparos. Não dá para precisa quantos são esses elementos, pessoas viram um carro suspeito", afirmou Cristiano.

Segundo informações, homens em um carro chegaram no local e efetuaram os disparos contra a vítima, que estava saindo para trabalhar. 

Até então não a polícia não tem informações da motivação para o crime. 

Atualizada às 13h35

 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS