POLÍTICA

“Não foi questão de natureza política”, diz governador sobre demora no retorno a Mossoró

Foto: Maricelio Almeida/MH
11 Jan
16:54 2017
A+   a-
Da redação
Questionado pelo MOSSORÓ HOJE sobre a demora em cumprir novamente uma agenda administrativa na cidade, o governador Robinson Faria negou que essa ausência se deu por questões de natureza política, em uma referência indireta ao rompimento com o grupo do ex-prefeito Francisco José Júnior.

“Não era demora, mas sim questão de juntar recursos, fazer licitações, não foi questão de natureza política, pelo contrário, eu tenho por Mossoró uma grande gratidão, a minha eleição de governador foi um presente do povo de Mossoró”, afirmou o chefe do Poder Executivo estadual.  

De acordo com Robinson, a crise econômica que afeta o Brasil tem dificultado o trabalho de sua gestão, incluindo metas que havia estabelecido para Mossoró. “O Brasil vive a maior crise de sua história, estou governando debaixo de uma crise, tentando vencer, o nosso estado não quebrou, e mesmo assim estou entregando obras importantes para Mossoró. É lógico que eu não posso fazer tudo que eu quero fazer”, enfatizou.

Sobre ações na área da saúde, Robinson anunciou que assinará um Termo de Cooperação com o Município no que se refere aos serviços de alta complexidade, uma reivindicação antiga. “Vamos entregar também um tomógrafo novo no Tarcísio Maia está se fortalecendo, estamos melhorando. A saúde é complexa, demanda muita questão financeira, a crise também atinge um pouco essas metas, mas estamos vencendo, com trabalho, luta”, pontuou.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS