ECONOMIA

Taxa de desemprego chega 16,3% no RN, aponta IBGE

Foto: Agência Brasil
18 Mai
17:45 2017
A+   a-
Da redação
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira, 18, os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) Contínua. Os números mostram que a taxa de desemprego no Rio Grande do Norte cresceu em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a 16,3%. É o pior resultado desde 2014.

De acordo com o chefe do IBGE no Rio Grande do Norte, Aldemir Freire, a população desocupada no Estado, no primeiro trimestre, era de aproximadamente 250 mil pessoas. Em 2016, esse total, no mesmo período, alcançou 217 mil, e no primeiro de 2015 foi 175 mil.

Ainda segundo Aldemir, a subutilização da força de trabalho atinge 610 mil pessoas no Estado atualmente.

O número de pessoas ocupadas não apresentou variação significativa em relação ao mesmo período do trimestre anterior, assim como o rendimento médio real habitual de todos os trabalhos, que manteve-se em R$1.653.

O número de empregos no setor privado com carteira de trabalho assinada, estimados em 373 mil pessoas, não apresentou variação significativa em relação ao mesmo período do ano anterior, mas, em relação ao trimestre anterior, variou 5,6%. Já o número de trabalhadores sem carteira de trabalho assinada manteve-se em 187 mil.

Com informações do G1RN

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS