POLÍCIA

Polícia prende dois suspeitos de matarem servidor da Prefeitura de Umarizal

18 Jun
11:36 2017
A+   a-
Da redação
Com ajuda da população de Umarizal, a Polícia Civil e Militar de Patu prendeu na manhã deste domingo, 18, dois suspeitos de terem matado a tiros o vigilante e comerciante Antônio Antonino Varela, o Antônio Caé, de 56 anos, deixando a população revoltada.

O crime aconteceu neste sábado, 17. A vítima chegou em casa pilotando sua moto, pedindo socorro ao pai, mostrando que estava baleado. Apesar de ter sido socorrido para o hospital local, não teve tempo de qualquer medida que pudesse salva-lo.

Foi preso Alisson Dantas Simão de Freitas, de 19 anos, e um adolescente de 15 anos. Segundo a polícia, a arma usada no latrocínio, roubo seguido de morte, foi jogada dentro de um açude da cidade.

Os dois suspeitos foram autuados pelo crime. O maior foi recambiado para o sistema prisional. 

Veja mais
"Pai me socorre, estou baleado", diz vítima antes de morrer em Umarizal


Seu Antônio Caé é servidor público municipal. Trabalha vigiando o Açougue público, onde também tem uma banca de venda de carnes nos dias de feira (segunda-feira) e aos domingos.

Os familiares e amigos contaram aos policiais que a vítima não tinha inimigos e que acreditavam que ele havia sido baleado por assaltantes. Na cidade, um pedido silencioso de ajuda a população foi emitido pela polícia.

Na manhã deste domingo, o sargento Azevedo, do Blog Umarizal News, recebeu a confirmação que as informações permitiu que a Polícia Militar identificasse e prendesse os suspeitos de terem atirado em Seu Antônio Caé.
 
Na cidade, a prefeita Elijane Paiva publicou nota de pesar.
 
NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DE ANTONIO DE CAÉ
 

A prefeita Elijane Paiva e o vice-prefeito Raimundo Dias, vêm publicamente expressar os seus mais sinceros sentimentos de pesar e prestar condolências à família do funcionário público municipal, Antonio Antonino Varela, em decorrência de seu falecimento ocorrido na noite de hoje (17).
 
Perdemos uma grande pessoa e um grande funcionário, primo do vice-prefeito, alguém dedicado à família e a toda a sociedade. A Prefeitura Municipal de Umarizal, em especial, permanece nutrindo a maior admiração por Antonio de Caé (como era mais conhecido), dono de um diálogo aberto, fraterno e franco.
 
A perda é irreparável e incompreensível. Nesse momento nos unimos em oração à sua família e amigos que, com certeza, partilham a mesma perplexidade e pesar.
 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS