POLÍCIA

Comerciante e ex-pastor acusados por morte de F. Gomes serão julgados em Natal

Foto: Sidney Silva
19 Jun
13:21 2017
A+   a-
Da redação
O ex-pastor evangélico Gilso Neudo Soares de Amaral, um dos acusados de planejar o assassinato do radialista Francisco Gomes de Medeiros, mais conhecido como 'F. Gomes', vai a julgamento no dia 5 de junho em Natal. 

O crime aconteceu no dia 18 de outubro, de 2010, em Caicó. O júri popular, antes marcado para ser realizado em Caicó, mudou de data e de local após o juiz acatar pedido de desaforamento. 

A decisão de mudar de júri de Caicó para Natal ocorreu à unanimidade de votos e em concordância com parecer do Ministério Público. No pedido, a defesa do ex-pastor alegou,  que "há fundadas dúvidas sobre a imparcialidade do júri, diante do clamor da população e da repercussão social que teve o homicídio de F. Gomes". 

Atualmente, Gilson está preso em Caicó. Não pela morte de F. Gomes, mas por suspeita de tráfico de drogas. 

O comerciante Lailson Lopes, conhecido como Gordo da Rodoviária, também teve seu julgamento transferido para Natal. O advogado do réu alegou o mesmo motivo; Que por conta da comoção da população diante do crime, os jurados poderiam ser influenciados na decisão. 

Em abril de 2014, o Tribunal do Júri de Caicó condenou Lailson a pena de 14 anos de prisão. No entanto, a decisão foi anulada, determinando um novo julgamento. 

Lailson está em liberdade; Ele aguarda a data para o julgamento popular. 

Com informações Sidney Silva e G1

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS