MOSSORÓ

Moradores reclamam de “buraqueira” na Avenida Principal do Abolição III, perto do viaduto, em Mossoró

Foto: Hidelbrando Rodrigues
19 Jun
19:19 2017
A+   a-
Da redação
A situação precária da malha viária mossoroense tem gerado uma insatisfação constante na população. Pelas redes sociais, inúmeros são os relatos de condutores que têm enfrentado dificuldades em trafegar pela cidade diante da grande quantidade de buracos nas vias. É o caso de Miguel Neto, do Abolição III.

Em seu perfil no Facebook, Miguel detalhou a situação em que se encontra o trecho. “A buraqueira tomou de conta e um lamaçal com um mal cheiro insuportável, quem passa de carro por este trecho não vai acima de 20 km, pois não tem condições, ou seja correndo risco de um assalto, sem se falar na escuridão dos lindos viadutos mal acabados”, comentou.

Miguel também faz uma crítica aos gastos do Município com o Mossoró Cidade Junina. “Engraçado que a prefeitura gasta um absurdo com o tal Mossoró Cidade Junina, trazendo estas bandas que cobram um absurdo e a segurança pública a saúde a infraestrutura da cidade e diversas prioridades em segundo plano”, disse.

Ainda conforme o relato do morador, na rua em que resido a luz do poste queimou há um mês e meio e ainda não foi feita a troca. “Na rua em que morro a simples luz de um poste passou vários meses acesa dia e noite e a mais de um mês queimou e ninguém aparece pra resolver, sem se falar num matagal que cresce a cada dia no terreno de uma antiga creche que foi abandonada há anos e pessoas construíram casas e foram despejadas e não fizeram nada com o terreno. Estamos a mercê da criminalidade e não sabemos a quem recorrer, ou nós como cidadãos acordamos ou vamos viver na praia. #emuitabaguncanacidade#”, finalizou.
 
Operação Tapa Buraco

No início de junho, a Prefeitura de Mossoró emitiu nota sobre o andamento da Operação Tapa Buraco, informando que os serviços estavam sendo executados em bairros como Nova Vida, Liberdade I, Forno Velho, Vingt Rosado, Abolição 3, Nova Betânia e Santo Antônio. A expectativa da Prefeitura é que até o fim do ano a cidade esteja totalmente recuperada.
 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS