GERAL

PRF apreende celular de suspeito de divulgar blitz pelo WhatsApp no PE

Foto: Maricelio Almeida/MH
13 Jul
13:55 2017
A+   a-
Da redação
Agentes da Polícia Rodoviária Federal cumpriram na tarde da segunda-feira, 10, no município de Paranatama, em Pernambuco, um mandado de busca e apreensão contra um homem suspeito de ser o administrador de um grupo de WhatsApp que divulga informações sobre fiscalizações da PRF, PM, Detran e Agentes Municipais de Trânsito. A informação é do Jorna do Commércio, de Recife. 

O mandado, expedido pela 23ª Vara da Justiça Federal de Guaranhuns, a pedido do MPF e a partir de investigações da PRF, determinou o recolhimento do celular do suspeito para perícia. Ele estava em sua residência, localizada na zona rural do município de Paranatama, Agreste do Estado. 

A medida, sem prazo determinado, além de averiguar a suspeito do indivíduo, tem como finalidade identificar a participação ativa de outros membros do aplicativo, que tenham difundido informações sobre as "blitz" e que estariam ameaçando ou prejudicando o trabalho dos órgãos de fiscalização de trânsito. 

Previsto no artigo 265 do Código Penal, o crime pode ainda agregar a tipificação de formação de quadrilha. 

A Polícia alerta que a divulgação de pontos de abordagens, aparentemente inofensiva, também contribui para a continuidade de outros crimes, com tráfico de seres humanos, drogas e armas, bem como furto e roubo de veículos.

Com informações do Jornal do Comércio 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS