ECONOMIA

Presidente Temer vai receber salineiros e classe política do RN no dia 20 de setembro

13 Set
21:16 2017
A+   a-
Da redação
O presidente da república Michel Temer agendou audiência, às 11 horas do dia 20 de setembro, no Palácio do Planalto, em Brasília, coma classe política e produtores de sal do Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada no final da tarde desta quarta-feira, 13, ao Presidente do Sindicato da Indústria de Moagem e Refino de Sal do Estado do Rio Grande do Norte, Renato Fernandes.

Na ocasião, será tratado sobre a edição de um decreto presidencial tornando a Indústria Salineira do RN de Reconhecimento Social, conforme foi debatido em reunião com o governador Robinson Faria no auditório do SESI, em Mossoró, para tratar da crise no sal.

Com o Reconhecimento Social, “Passamos a ter uma segurança jurídica, pois estamos num limbo sem contarmos com estas benesses”. Ainda segundo Fernandes, a “legislação passa a ter uma outra abordagem no que concerne às Áreas de Preservação Permanente!”.

O Rio Grande do Norte atualmente é responsável por aproximadamente 95% do sal consumido no Brasil. Grandes quantidades também são exportadas para vários países. Em alguns casos, são exportados também para promover o degelo em vários países.

Para o consumo interno, o sal marinho do Rio Grande do Norte, apesar de ser o melhor sal do País, enfrenta concorrência forte como sal gema chileno. Os salineiros do RN estão procurando meios para negociar no mercado nacional por um preço justo.

Renato Fernandes disse que fez o pleito há 15 dias ao Presidente do Partido o PSC, Pastor Everaldo, e ao Deputado André Moura, líder do Governo Temer, que também é do PSC, para ser recebido pelo presidente Temer. Com a intervenção dos dois, a audiência foi marcada.

“Estou convidando o Governador Robinson Faria, a Prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini, a bancada federal do Estado, Deputados e Senadores, além dos representantes da cadeia do sal: Airton Torres (SIESAL) Tasso Rosado (SOCEL) Francisco Ferreira Souto (SIESAL) Herbert Vieira (CIMSAL) Seyssa Praxedes (REFIMOSAL) Carlos Frederico (NORSAL).

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS