POLÍCIA

Ministério Público do Trabalho investiga causa da queda que matou operário em Mossoró

Foto: Reprodução | Facebook
10 Out
11:43 2017
A+   a-
Da redação
O Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Norte, em Mossoró, recebeu nesta terça-feira (10), está apurando a morte do operário Adriano Plácido, de 36 anos, que faleceu ontem durante acidente de trabalho em uma fábrica de prémoldados, localizada na RN-015. 

A assessoria de imprensa do MPT/RN, informou ao MOSSORÓ HOJE, que a Procuradoria do Trabalho de Mossoró recebeu hoje a Notícia de Fato, nome oficial de "denúncia".

"Eles vão fazer a apuração preliminar e hoje mesmo isso deve ir para o Procurador", informou. 

Em suas redes sociais, Adriano Plácido compartilhava diversas fotos em que trabalhava. Em algumas, ele aparece sem equipamentos de segurança.

No entanto, só após as investigações do MPT-RN é que se poderá dizer, de fato, o que causou a queda do operário.



O caso
O operário Adriano Plácido da Silva, de 36 anos, faleceu após sofrer uma queda de 10 metros de altura. A empresa fica localizada na comunidade da Barrinha, na RN-015, que liga Mossoró a Baraúna. 

Após a queda, Adriano foi socorrido pelo SAMU - sofrendo duas paradas cardíacas. Os médicos realizaram os procedimentos necessários, mas Adriano não resistiu. 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS