ESTADO

Ex-prefeita de Janduís deixa de assinar declaração e município perde R$ 250 mil para a saúde

11 Out
09:17 2017
A+   a-
Da redação
O município de Janduís acabou perdendo R$ 250 mil reais, de uma emenda parlamentar do Deputado Federal Rafael Motta, que seria destinado para ampliação e reforma do Hospital Municipal Maria Cristina Maia. Os recursos foram devolvidos pela Caixa Econômica Federal devido à falta de documentos que não foram assinados pela ex gestora Lígia Féliz, em 2016.
 
Com os recursos aplicados, seria possível ampliar totalmente a estrutura do hospital local, porém, isto não será possível devido à falta de compromisso que a ex-gestora teve como o município.
 
Para complementar a emenda de nº CT 1037341-17/2016 -  Aperfeiçoamento do SUS, a Prefeitura faria uma contrapartida de R$ 83 reais, e para tanto, uma Declaração de Previsão Orçamentária de Contrapartida, assinada pelos gestores cujo o mandato se deu até 31/12/2016, deveria ter sido encaminhado para a CEF.
 
A ex-prefeita do município, Lígia de Souza Félix, durante seu mandato não assinou, e mesmo assim, a Caixa prorrogou o prazo, na tentativa que a ex-gestora entregasse a declaração, e esta não o fez, deixando o município perder 250 mil.
 
O Prefeito José Bezerra, buscou por diversas vezes junto à Caixa Econômica uma maneira de solucionar o problema, sendo informado pela Gerência Executiva em Natal, da impossibilidade do prosseguimento do contrato, sendo informado que o pleito foi indeferido, e o distrato do contrato e efetivado, como mostra os documentos.
 
José Bezerra considera a ação da ex-gestora irresponsável e prejudicial ao interesse público, pois o pensamento em prejudicar o governo acaba por prejudicar a população do nosso município.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS