VARIEDADES

Candidato a astro mirim da música sertaneja no Brasil escreveu sua primeira música aos 11 anos

06 Nov
01:31 2017
A+   a-
Da redação
A promessa para o posto de astro mirim da música sertaneja no Brasil é de Itaitinga, no Ceará/CE. John Elton Fidélis Félix, O Príncipe Sertanejo, de 15 anos, visitou Mossoró neste final de semana, acompanhado com o empresário Jadeison Fonseca e do pai Francisco Elton Félix dos Santos.

Retornam no início de dezembro para um show de lançamento do seu trabalho, provavelmente área de eventos do Garbos. O jovem artista recebeu a reportagem do MOSSORÓ HOJE na recepção do Hotel Ibis, após um descontraído café da manhã com amigos.

Apresentou sua voz e sua mais recente habilidade (tocar acordeom) com a música Asa Branca, transformada em hino do Nordeste pelo rei do baião, Luiz Gonzaga. Gravamos o momento em vídeo, que apesar da qualidade ruim do áudio, dá para se ter uma noção do talento, da voz e de que realmente se trata de uma promessa para a música sertaneja brasileira.

 

Influenciado por parentes músicos, principalmente pelo pai, John fala que despertou para a música quando pegou o violão do pai, escondido, aos 7 anos. "Eu botei os dedos nas cordas do mesmo jeito dele e o som foi saindo, saindo e apreendi", diz.

"Apreendi a tocar também vários outros instrumentos musicais sozinho e estou aprimorando. Agora, mais recentemente, fui apresentado ao acordeom. Adorei. Tocar é como andar de bicicleta, não dá para esquecer depois que se manja o jeito", revela
 
John Elton foi descoberto por acaso, cantando no bar do avô, em sua terra natal. O empresário Jadeilson Fonseca, que é superintendente nacional de vendas varejo da Hapvida, viu, a princípio, um ótimo investimento. Ganhou um ótimo amigo e um parceiro na música.

Uma das músicas do CD que será lançado em Mossoró no dia 1º de dezembro é obra da dupla. Ele disse que o garoto tem presença de palco, sabe se comportar bem e é um aprendiz audaz. “Tem carisma, canta com paixão e encanta as plateias”, diz o empresário.

Canta as músicas das duplas sertanejas Chitaozinho e Chororó e Zezé de Camargo e Luciano, mas também já gravou várias de autoria própria. A letra de uma é linda. Neste vídeo, John Elton conta apreendeu tocar violão sozinho aos 7 anos e agora, aos 15, está apreendendo a tocar acordeom.
John Elton escreveu, aos 11 anos, colocou os arranjos e canta junto com o pai. É uma homenagem.

 

E foi esta homenagem ao pai, que os produtores de TV viram em Fortaleza e o levaram ao programa de Rodrigo Faro, em SP. O ator apresentador colocou o jovem cantor no palco ao lado dos ídolos Zezé de Camargo e Luciano. “Foi muito emocionante”, diz John Elton.

Após ter aparecido na TV, mostrado seu talento, John Elton não parou de receber convites para cantar pelo País. Ele conta que já esteve me quase todas as capitais do Brasil. Lembra, especial do show no Ceará/Rio, no Espaço Terraço, na capital fluminense.

Francisco Elton, pai do artista, diz que o filho está aceitando os convites para shows, mas sempre com muito cuidado para não prejudicar as aulas. John Elton disse que quer concluir o ensino médio e ingressar numa faculdade, de preferência em Mossoró.

Atualmente John Elton comenta que gosta muito das dicas que recebe de Dorgival Dantas, de Valdonis e também de outros grandes artistas que já teve acesso no Ceará, como Wesley Safadão e Marília Mendonça. "O Dorgival dá umas dicas boas", diz.

Além dos estudos normais, o empresário Jadeilson Fonseca destacou que contratou um maestro experiente para orientar a música do garoto John Elton e que, de agora em diante, e também sempre profissionais como fonoaudiólogo para aprimorar a voz.

“Estou sendo recebendo aqui em Mossoró com um abraço caloroso. Por mim já ficava aqui para cursar faculdade e crescer profissionalmente”, diz John Elton, olhando para o pai. De uma coisa já se pode ter certeza: dia 1º de dezembro tem show.

Camarote das Primas:

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS