MOSSORÓ

Sem salários, terceirizados ameaçam parar atividades em Mossoró

06 Dez
14:34 2017
A+   a-
Da redação
Os servidores terceirizados das empresas Prime e Vale Norte, que atuam na limpeza urbana e jardinagem no município de Mossoró, vão parar as atividades na próxima terça-feira, dia 12 de dezembro, caso o pagamento referente a novembro não seja efetuado até a próxima segunda-feira, dia 11. Os terceirizados estão com cinco meses de salários em atraso.

Ao todo, são 270 servidores atuando na limpeza do município. 

Em entrevista ao MOSSORÓ HOJE, Ivanilson Araújo, diretor do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio, Conservação, Higienização e Limpeza do Rio Grande do Norte (SINDLIMP-RN), em Mossoró, informou que ação foi definida em reunião nesta quarta-feira, 6.

Segundo o diretor, os funcionários aprovaram a retirada do indicativo de greve e decidiram que vão parar na terça-feira, caso os salários não sejam depositados na segunda-feira.

“As empresas disseram que vão pagar até segunda-feira e os funcionários decidiram aguardar”, disse Ivanilson.

O diretor explicou que, confirmado o atraso, o Sindicato imediatamente entrou com os trâmites legais, que concedeu 72 horas para efetuar o pagamento dos terceirizados.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS