VARIEDADES

Xand Avião, Safadão, Luan Santana e outros animarão Réveillon de Fortaleza 2018

28 Dez
17:22 2017
A+   a-
Da redação
Por conta da distância de Mossoró, a capital cearense, Fortaleza, acaba sendo um dos destinos preferidos dos mossosroenses que querem curtir uma boa programação no Réveillon.  A tradicional virada, que acontece no Aterro da Praia de Iracema, contará com apresentação de artistas renomados. 

Dentre as atrações, subirão ao palco Xand Avião, Wesley Safadão e Simone e Simaria. As apresentações nacionais ficam por conta de Luan Santana e Capital Inicial. Participam também a banda de rock cearense Selvagens à Procura de Lei, Marcos Lessa, Chico Pessoa e Fábio Carneirinho.

A programação tem início às 17h do dia 31 de dezembro, com Felipe Adjafre e Gustavo Serpa ao pôr-do-sol, e encerra abrindo o ciclo carnavalesco da Capital com as apresentações do Luxo da Aldeia e do Bloco Unidos da Cachorra.
 

Réveillon Fortaleza 2018

- Abertura 17 horas do dia 31/12 — Felipe Adjafre (piano) e Gustavo Serpa (voz)

- Aviões do Forró

- Wesley Safadão

- Luan Santana

- Simone e Simaria

- Capital Inicial

- Marcos Lessa

- Selvagens à Procura de Lei

- Chico Pessoa

- Fábio Carneirinho


*Atrações não se apresentação, necessariamente, nessa ordem. 

Conforme a Prefeitura de Fortaleza, será estruturada, também, uma tenda eletrônica. Este ano, a expectativa é de que mais de um milhão de pessoas participem do momento da virada, que será comandado pelo humorista Tirulipa e deverá contar com show pirotécnico de 18 minutos.

“Este Réveillon tem duas inovações importantes. A primeira delas é que, pela primeira vez, a gente licitou uma empresa especificamente para captar patrocínio e garantir um financiamento privado, reduzindo ou zerando a participação de recursos públicos na organização de evento um grandioso e gratuito. A segunda é que, por meio de uma plataforma humanitária estimulante, vamos aproveitar a festa, que mobiliza o interior e Fortaleza, além de outros Estados, para divulgarmos o Hospital Oncológico Peter Pan, uma grande obra social feita pelo terceiro setor. Por meio de linha telefônica ou aplicativo de celular, vamos estimular a doação voluntária para viabilizar o empreendimento”, informou Roberto Cláudio, prefeito de Fortaleza.

Para Erick Vasconcelos, secretário executivo do Turismo de Fortaleza, a minimização do investimento público no evento potencializará os recursos que devem ser injetados na Capital no período.

“Esta é a maior festa da nossa Cidade e reúne um bom número de turistas. Estamos esperando cerca de 500 a 600 mil pessoas de fora, que deverão curtir o evento. A expectativa é de que a rede hoteleira alcance cerca de 98 a 99% de ocupação. Isso vai gerar muito emprego e renda na nossa Cidade por meio da economia ligada ao turismo, que impacta, diretamente, cerca de 52 setores”, pontuou.

Xand Avião, uma das principais atrações da noite, destacou a felicidade de participar, pela primeira vez, do Réveillon da Capital onde consolidou sua carreira, hoje, reconhecida internacionalmente.

“Eu moro em Fortaleza há 15 anos e vi o crescimento desse Réveillon. Confesso que meu sonho era, um dia, cantar na festa. Já rodei o Brasil inteiro e o mundo, cantando para milhões de pessoas. Mas quando se canta em casa, é diferente. O Réveillon de Fortaleza está conhecidíssimo no Brasil inteiro. Não deixa a desejar a nenhum do Brasil. É um sonho que estou realizando em poder cantar para essa multidão, nesse Aterro, que vai ser lindo. Darei o meu melhor e será um dos melhores shows da noite. Quem for não irá se arrepender”, garantiu o cantor.

O secretário da Cultura de Fortaleza, Evaldo Lima, comentou a relevância da pluralidade de gêneros musicais trazida ao evento.

“Fortaleza caminha celeremente para se tornar o maior Réveillon do País. Eu me refiro ao brilho da Cidade, à alegria das pessoas e à grande atração realizada por grandes intérpretes da música brasileira. Esse réveillon é muito especial. Tem para todas as sensibilidades estéticas e musicais, atrações de grande apelo popular, flertando com a música plural cearense e universal brasileira”, disse.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS