ESTADO

Servidores fecham entradas da Assembléia, em Natal para impedir votação do "RN Urgente"

Foto: Cedida | Reprodução G1
11 Jan
11:35 2018
A+   a-
Da redação
Servidores estaduais protestam na manhã desta quinta-feira, 11, em frente à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, contra o pacote de recuperação fiscal apresentado pelo governo do Estado, que será votado pelos deputados.

Com escudos em punho, policiais militares do Batalhão de Choque da Polícia Militar fazem um paredão humano na entrada do prédio. Mesmo assim, os servidores conseguiram fechar as quatro entradas do prédio da AL e impediram, pelo menos por hoje, a votação do pacote de recuperação fiscal.

Mais cedo, o deputado Ricardo Motta teve dificuldade para entrar no prédio. Ele foi hospilitado e empurrado. A PM usou bombas de efeito moral contra os servidores. Os servidores quebraram o cerco colocado pela polícia.


Foto: SINTE-RN

RN Urgente
Chamado de "RN Urgente", o pacote de recuperação fiscal apresentado pelo governador Robinson Faria prevê a contenção da crise financeira no Estado.

Robinson Faria explica que o maior pacote de ajuste fiscal da história, que será votado nesta quinta-feira (11), em sessão extraordinária na Assembleia Legislativa, convocada pelo governador, são “fortes e necessárias” para reequilibrar as finanças do RN.

Em vídeo, Robinson explica o 'RN Urgente':


 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS