12 DEZ 2018 | ATUALIZADO 23:35
ESTADO

RN tem 80% dos municípios cadastrados no Internet Para Todos

A internet do programa é enviada por um moderno Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), lançado ao espaço em maio de 2017, que tem capacidade para cobrir todo o território brasileiro e ficará em operação
Da redação
09/03/2018 13:45
Atualizado
12/12/2018 03:26
A+   A-  
RN tem 80% dos municípios cadastrados no Internet Para Todos
O Rio Grande do Norte está há um passo de ser um estado amplamente conectado. Cerca de 80% dos municípios potiguares já estão cadastrados no Programa Internet para Todos, obtendo o segundo maior percentual de inscrições do país, perdendo apenas para São Paulo.

Das 167 cidades do estado, 132 estão cadastradas e 117 já estão aptas para assinar o termo de adesão na próxima segunda-feira (12) em Brasília. 

O prazo de adesão das prefeituras segue até hoje (9) com envio de e-mail para internetparatodos@mctic.gov.br.

O programa foi lançado no RN pelo governador Robinson Faria e pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, em fevereiro. 

A iniciativa do Governo Federal, desenvolvida em parceria com o Governo do Estado e apoiada pelo deputado federal Fábio Faria, vai levar conectividade a localidades brasileiras sem banda larga.  

A internet do programa é enviada por um moderno Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), lançado ao espaço em maio de 2017, que tem capacidade para cobrir todo o território brasileiro e ficará em operação por 18 anos.

Sobre o Internet para Todos
· Fornece internet banda larga de alta velocidade até 20 megabytes de graça (escolas, hospitais e órgãos públicos) ou a preço reduzido (população) para quem não tem acesso.

· O sinal é enviado por um moderno Satélite Geoestacionário que custou quase 3 bilhões ao governo federal.
· Municípios beneficiados no RN: todos os que se interessarem e cumprirem as condições mínimas: não ter conectividade e dispor de um imóvel para abrigar a antena receptora do sinal do satélite.
· O programa é executado a partir de convênios com as prefeituras que serão responsáveis pelos equipamentos e manutenção.
· Prefeituras indicam as localidades a receberem o serviço e assinam o termo de adesão.
· Qualquer município pode participar do programa; basta cumprir as condições estabelecidas.
· As   inscrições são feitas   junto   ao   Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Quase 2700 cidades brasileiras já aderiram ao programa que visa levar internet banda larga de graça para os órgãos públicos de educação, saúde e segurança além de oferecer o serviço à população, sob preço reduzido, em milhares de localidades que não dispõem da conectividade.

Nesta primeira fase, os municípios beneficiados começarão a receber as antenas no mês de maio. A expectativa é que sejam instaladas 200 antenas por dia.

As dúvidas referentes ao Internet Para Todos podem ser esclarecidas pelos telefones (61) 2027-6932 ou (61) 2027-6626 com Cristiane ou Natasha. O Governo do Estado também está acompanhando e apoiando as prefeituras. O contato é pelo telefone (84) 3232-8078.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário