12 DEZ 2018 | ATUALIZADO 23:35
MOSSORÓ

Governador quer antecipar início dos voos comerciais do aeroporto de Mossoró

Em entrevista à imprensa, Robinson Faria disse que já tem nova audiência marcada com a Azul Linhas Aéreas, em São Paulo. Ele também está pleiteando ampliação do aeroporto para receber aeronaves maiores.
Da redação
16/04/2018 08:46
Atualizado
12/12/2018 03:24
A+   A-  
Governador quer antecipar início dos voos comerciais do aeroporto de Mossoró
Em entrevista à imprensa mossoroense nesta segunda-feira, 16, o governador Robinson Faria anunciou que está tentando antecipar o início dos voos comerciais do Aeroporto de Mossoró e ainda ampliar a capacidade do aeroporto. Recentemente, a Azul Linhas Aéreas confirmou o início das operações para 13 de junho deste ano, com voos diários para Recife-PE.

"Passei quase 3 anos para transformar o aeroporto que era privado em aeroporto comercial, ao mesmo tempo tive lá na Azul três vezes para negociar o incentivo tributário, para garantir o voo regional, esse voo está confirmado, quero ratificar essa data, estou com uma audiência marcada com a diretoria da Azul em São Paulo e de lá vou anunciar a data confirmada desse voo, quero vim nele", afirmou o governador.

Robinson destaca que o início das operações do aeroporto de Mossoró será de grande importância para fortalecer o turismo do polo Costa Branca. "A cadeia do turismo dessa região vai ser fortalecida, além da parte econômica", disse ele.

O chefe do executivo estadual disse ainda que já procurou outras companhias aéreas como a Latam, para negociar voos para Mossoró. Ele explica, no entanto, que o aeroporto ainda precisa ser ampliado, porque nem todas companhias possuem aeronaves adequadas para o aeroporto. "Estamos tratando com a Anac para ampliar a capacidade do tamanho dos aviões para o aeroporto", afirmou.

O Aeroporto de Mossoró recebeu certificado de liberação da ANAC em março deste ano, após intenso trabalho da equipe do governo no aeroporto. Foram investidos mais de R$ 2 milhões em reforma e compra de equipamentos de segurança. 


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário