17 DEZ 2018 | ATUALIZADO 15:37
POLÍCIA

Jovem engenheiro civil baleado por assaltantes no Santo Antônio morre no HRTM

Fabício Mendonça da Costa, de 22 anos, estava internado desde o sábado, dia 21, quando foi baleado por assaltantes no bairro Santo Antônio, zona norte de Mossoró; Família concordou em doar os órgãos
Da redação
23/04/2018 20:53
Atualizado
13/12/2018 04:04
A+   A-  
Jovem engenheiro civil baleado por assaltantes no Santo Antônio morre no HRTM
O jovem engenheiro civil Fabrício Mendonça da Costa, de 22 anos, residente no loteamento do Santa Helena, faleceu na noite desta segunda-feira, 23, no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró/RN.

Na noite do sábado, dia 21, Fabrício Mendonça, que amava motocros, foi baleado quatro vezes por assaltantes próximo ao campo de Zé Peixeiro, no bairro Santo Antônio, zona norte da cidade.

Os bandidos chegaram até a vítima e anunciaram o assalto. Fabrício teria reagido não querendo entregar sua motocicleta, foi quando os bandidos atiraram, atingindo à cabeça é o pescoço da vítima.

O jovem foi socorrido para a UPA e em seguida transferido para o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde estava internado. No início da noite desta segunda-feira, 23, os médicos anunciaram o óbito aos familiares.

Fabrício Mendonça, que era solteiro, havia se graduado em engenharia civil na UNP havia pouco tempo. Adorava pilotar moto em trilhas, tocar violão e cantar em casa e com os amigos. Era amado e querido dentro de casa e entre os amigos.

O velório será parte em Mossoro e a outra na cidade de Assu, onde será sepultado. Fabrício é natural de Maceió. Tem familiares morando em Mossoro e em Assu.



Com esse assassinato, chega a 88 o número de Crimes Violentos Letais e Intencionais registrados em Mossoró em 2018.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário