MOSSORÓ

Júri Popular absolve acusado de tentar matar colega na Cadeia Pública de Mossoró

03 Mai
12:11 2018
A+   a-
Da redação
O Tribunal do Júri Popular absolveu na manhã desta quinta-feira, 3,  Tiago Antônio Bezerra de Lucena, 28 anos, da acusação de tentativa de homicídio contra o então preso de justiça Lemuel Lourenço da Costa, ocorrida no refeitório da Cadeia Pública de Mossoró, em agosto de 2011. O crime teria sido praticado com a ajuda de Cleonilson Benício de Nascimento, conhecido como Baraúnas, já falecido.

O julgamento aconteceu no Fórum Desembargador Silveira Martins, em Mossoró. A sessão foi presidida pelo juiz Vagnos Kelly de Medeiros Figueiredo. O Ministério Público Estadual foi representado pela promotor de justiça Ana Ximenes. A defesa do réu foi feita pelo advogado Justino Dutra Dantas de Almeida.

Após explanações de defesa e acusação, o Conselho de Sentença se reuniu e decidiu pela absolvição do réu neste processo. Ele está atualmente em liberdade.

Segundo os autos do processo, a vítima estava no refeitório do Pavilhão 01, da Cadeia Pública de Mossoró, quando chegaram os acusados afirmando que a vítima estava falando deles. A vítima foi surpreendida pelo denunciado Tiago que a empurrou para cima de Cleonilson. Em seguida, Cleonilson teria perfurado a vítima com uma faca artesanal. Tiago também teria atacado a vítima com uma faca. Lemuel foi atingido na coxa, virilha e testículos. Mesmo ferido, foi até a grade e pediu ajuda aos agentes penitenciários, sendo socorrido para o Hospital Regional Tarcísio Maia, em seguida.

Leia mais
Júri Popular julga acusado de tentar matar colega dentro da Cadeia Pública de Mossoró
 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS