MOSSORÓ

Erick Pereira afirma que próximo presidente da OAB-RN "tem que ser de Mossoró" [VIDEOS]

Foto: Cezar Alves
04 Mai
19:43 2018
A+   a-
Da redação
O advogado Erick Wilson Pereira disse que o próximo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, no Rio Grande do Norte, “tem que ser de Mossoró”. Erick Pereira explica que nos últimos 30 anos todos os presidentes da “ordem” no Rio Grande do Norte saíram da capital e está na hora de um presidente ser de Mossoró.

Processo parecido foi com relação à Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte, que vinha sendo gerida por juízes da capital havia vários anos e este ano o quadro mudou. Foi quando o juiz José Herval Sampaio Júnior, de Mossoró, conseguiu convencer os mais de 250 colegas a votar em seu nome para presidir a entidade no estado.

No próximo ano, será a vez dos advogados irem às urnas para escolherem sua representação no Rio Grande do Norte. O advogado Erick Pereira defende nomes de Mossoró.

Em um contexto nacional, Erick Pereira, que é doutor em Direito Constitucional e professor da PUC/SP, defende que a OAB levante uma bandeira forte em defesa da advocacia.

Ele lembra que a OAB começou a se desgastar perante seus associados quando se posicionou na derrubada do governo de Dilma Rousseff. Para ele, o Congresso já estava resolvendo.

O professor de Direito Constitucional faz referência ao fato de muitos advogados estarem sendo presos ou tendo suas prerrogativas de advogados sendo desrespeitadas. 

“Estamos vendo estas agressões aos advogados e não estamos vendo uma resposta da instituição em defesa dos profissionais que integram a OAB”, diz o professor.

Nesta entrevista concedida ao MOSSORÓ HOJE, Erick Wilson Pereira critica duramente a falta de ação da OAB em defesa das prerrogativas dos advogados no país.



Erick Wilson Pereira
Graduado em Direito (1993), Especialista em Direito e Cidadania (1998), Criminologia (1999), Direito do Trabalho (2000) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Mestre em Direito Constitucional (2001) e Doutor em Direito do Estado (2009) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP.

Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde leciona na graduação e na pós-graduação desde seu ingresso mediante concurso público de provas e títulos.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS