POLÍTICA

“É uma conquista extraordinária fazer Mineiro deputado federal", diz Fátima

Foto: Fotos: Vlademir Alexandre
06 Mai
18:28 2018
A+   a-
Da redação

“É uma conquista extraordinária fazer Mineiro deputado federal. Ele fará muita diferença nos representando na Câmara, sobretudo nesses tempos de Congresso golpista. Com coragem e ousadia nós vamos para esse desafio e estamos caminhando para fazer Mineiro o deputado federal mais votado no RN”.

Com essa fala a senadora Fátima Bezerra (PT/RN) animou ainda mais, neste sábado (05), a plenária lotada da zona Sul de Natal com apoiadores/as da pré-candidatura de Fernando Mineiro a deputado federal.

A pré-candidata ao Governo do RN destacou, ainda, que “ele não é só o melhor parlamentar que nós temos no RN e no Nordeste; ele também é o melhor parlamentar do Brasil”. A atividade contou com a participação também de pré-candidatos/as a deputado/a estadual e ao senado.



Fátima Bezerra falou sobre o programa de governo que está sendo construído para apresentar ao povo do RN e acredita ter reais chances de ganhar para o Governo do Estado. “Vamos botar o bloco na rua a partir de junho com seminários regionais”, disse a senadora. “Será uma grande mobilização para crescer a nossa caminhada com o apoio das nossas pré-candidaturas, militantes, partidos aliados e os mais diversos representantes da sociedade potiguar”.

O deputado Fernando Mineiro fez uma relação entre o reconhecimento e apelo do povo potiguar pela candidatura de Fátima ao Governo com a do Lula para presidente do Brasil. “As pessoas veem essa onda de retrocessos que tem acontecido no estado e no país e sinalizam que há esperança”.

“Depois de dois anos de golpe, as pessoas estão compreendendo o que está passando no Brasil. Hoje está mais fácil falar sobre isso porque elas veem o que está acontecendo. Elas sabem que o Lula está sendo injustiçado, que a Fátima é a alternativa para o Estado. Tenho certeza que vamos sair desse processo a médio prazo com a sociedade mais fortalecida”, disse o petista.

Mineiro destacou que o PT também está apresentando outros nomes para a vaga de deputado/a federal e que o partido está em diálogo com o PCdoB e PHS. “[A deputada federal] Zenaide [Maia] possivelmente será uma das nossas candidatas ao senado”, disse. Ele também relatou que tem participado de rodas de conversas para escutar as pessoas sobre o que elas têm visto nesse momento político atual e o que é possível fazer.

O professor Assis Filho, pré-candidato a deputado estadual, disse estar confiante e destacou também a ousadia da pré-candidatura de Mineiro. “O que marca um político é a sua capacidade de ousar e essa ousadia já é reconhecida na trajetória de Mineiro”. Ele falou também sobre a importância de construir uma chapa competitiva para manter a vaga na Assembleia Legislativa e ampliar esse espaço. Ele acredita que essa atual conjuntura é positiva e que temos uma onda acontecendo em defesa da pré-candidatura de Fátima ao Governo.

A representatividade da plenária, com pré-candidatos/as de diversas correntes do partido, foi destaque na fala do pré-candidato a deputado estadual Eraldo Paiva. “Para federal estamos colocando o que temos de melhor; um dos melhores deputados que o RN já teve”, disse. Ele destacou a trajetória de Mineiro, citando como exemplo o pioneirismo no debate da Economia Solidária e dos Direitos Humanos, mas acredita que, apesar dessa qualificação comprovada, não será fácil a disputa. “Temos um desafio imenso para formar um Congresso Nacional que enfrente o retrocesso. Vou trabalhar incansavelmente para eleger Mineiro deputado federal”.

A pré-candidata a deputada estadual Isolda Dantas disse admirar a responsabilidade de Mineiro com o PT. “É um dos motivos que me orgulha nessa dobradinha”, revelou. Ela destacou também que a pré-candidatura de Mineiro está presente em grande parte dos municípios do RN e que “o grande passo do retorno da nossa democracia será medido nas eleições de 2018” e que “o RN vai ser fundamental nessa reconstrução”.

A atuação de Mineiro em defesa dos servidores/as foi lembrada na fala do professor Miguel Salusto, pré-candidato a deputado estadual. “O que esse Governo tentou fazer foi massacrar os servidores e entregar o patrimônio do RN. Se não fosse a atuação de Mineiro o pacote seria aprovado”, disse. Ele destacou as lutas sociais e a construção histórica do “mandato de responsa” do deputado. “Temos a certeza que estamos do lado certo da história, defendendo a democracia, a distribuição de renda e o fim das desigualdades sociais”.

A Sargento Regina, pré-candidata a deputada estadual, falou sobre o desafio de ser “lésbica e de terreiro” na polícia e como pré-candidata. “É um desafio mostrar que homofobia é crime, que preconceito é crime”. Ela destacou a atuação de Mineiro em apoio a essas minorias e afirmou que “o grupo de lésbicas, gays, quilombolas, indígenas e população de rua [entre outros]” decidiu que Mineiro será o candidato que os/as representará na Câmara Federal.

O professor Francisco, pré-candidato a deputado estadual, defendeu a importância do “Lula Livre” e de viabilizar a sua candidatura a presidente. “É importante também conscientizar sobre a importância de votar em candidatos/as federais e estaduais para dar suporte ao Lula e à companheira Fátima no Governo. As pessoas precisam valorizar o voto parlamentar, não basta apenas eleger presidente e governador/a”.

O pré-candidato a estadual João Cabral está confiante de que “vamos mudar esse quadro” e disse que está disponível para contribuir com o projeto e o partido. “Estamos à disposição para rodar todo o estado para discutir políticas públicas e em defesa do Lula Livre”. Ele também falou da importância de ampliar as vagas conquistadas pelo PT no RN e de dialogar com os setores fora do partido, para ampliar a rede de apoio.

Marquinhos, pré-candidato a deputado estadual, ressaltou a “ideologia” de Mineiro como um ponto positivo de sua trajetória política. Ele falou também da importância de construir um debate com a sociedade nesse momento em que “a política tem sido um grande desafio”.

O pré-candidato ao senado, Zé Rodrigues, primeiro preso político do RN, destacou a coerência política de Mineiro e a importância de eleger Fátima ao Governo do RN. “O estado é dominado por Alves, Maias e Rosados. Fátima vem para quebrar isso. Isso serve para dar força e coragem para outras pessoas verem ser possível”.

Ao final da plenária foi criada uma comissão com representantes de cada um dos bairros da Zona Sul para trabalhar as pautas da região e o apoio à pré-candidatura de Mineiro.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS