POLÍCIA

Em nota, empresário nega ter estuprado adolescente e diz que está viajando a trabalho

Foto: Arquivo Pessoal
25 Mai
15:32 2018
A+   a-
Da redação
Por meio da sua assesoria jurídica, o empresário Zenilson Menezes, apontado pela polícia como autor de um estupro brutal contra uma adolescente de 16 anos na madrugada de segunda-feira, 21, fez contato com a Redação do MOSSORÓ HOJE para divulgar uma nota de esclarecimento, nesta sexta-feira, 25.

O advogado (nome resguardado) assegura que Zenilson Menezes não está foragido e, sim, viajando a trabalho, e que, quando retornar, vai “se apresentar as autoridades pra elucidar as imputações e provará que não praticou o ato que está sendo atribuído a sua pessoa”. Zenilson teve a prisão preventiva decretada nesta quarta-feira, 23.

A nota enviada pelo advogado assegura ainda que Zenilson Menezes “é um pai de família, trabalhador e sempre respeitou a lei e as autoridades”.

Nota da assessoria júridica de Zenilson Menezes:

“Que Zenilson nega a autoria do que está a ele sendo imputadas, que já foram tomadas as medidas judiciais cabíveis,  através de seus advogados. Que ele, sendo um pai de família, trabalhador e sempre respeitou a lei e as autoridades, encontra-se em viagem de trabalho e quando chegar irá se apresentar as autoridades pra elucidar as imputações e provará que não praticou o ato que esta sendo atribuído a sua pessoa.”

No dia 24, a delegada Cristiane Magalhães disse que acertou com os advogados de Zenilson Menezes para que ele se apresentasse a Polícia até às 18 horas. Prometeu, inclusive, coloca-lo numa cela reservada na Cadeia Pública de Mossoró. Entretanto, Zenilson fugiu.

Diante disto, a delegada enviou a ordem de prisão para todas as forças de segurança, inclusive a Policia Federal.

Leia mais
Justiça decreta prisão preventiva de empresário suspeito de estuprar adolescente em Mossoró

Delegacia da Mulher investiga suposto estupro sofrido por jovem de 16 anos

Empresário que estuprou uma menor brutalmente em Mossoró já está sendo procurado pela Polícia Federal

 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS