POLÍCIA

Preso é encontrado morto na Cadeia Pública de Mossoró; Diretor descarta assassinato

Foto: Alcivan Vilar | Fim da Linha
11 Jun
11:56 2018
A+   a-
Da redação
Um detento foi encontrado morto, aparentemente por causas naturais, por volta das 12h do sábado, 9, em uma das celas da Cadeia Pública Manoel Onofre de Souza, em Mossoró. O preso foi identificado como Paulo Wescley Dantas de Oliveira.

De acordo com o diretor da Cadeia Pública de Mossoró, o agente penitenciário José Fernandes, Wescley chegou à unidade prisional no dia 7 de junho após ser autuado pelo crime de furto (artigo 155 do Código Penal).

Ao chegar na unidade, Wescley teria apresentado comportamento estranho, o que começou a incomodar os outros detentos. Como medida preventiva, a direção transferiu o preso para uma unidade isolada, onde não tinha contato com outros presos.

A direção descarta qualquer possibilidade de homicídio já que o preso estava sozinho dentro da cela. Os agentes encontraram o corpo de Wescley no momento em que os presos estavam sendo chamados para o almoço. Uma equipe do SAMU foi acionada e confirmou o óbito. Em seguida, o Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) foi acionado para perícia e recolhimento do corpo.

Só o laudo do ITEP vai confirmar o que causou a morte do detento.

Em julho de 2016, Paulo Wescley Dantas foi preso em Mossoró após furtar escovas de dentes de um supermercado. 

Veja entrevista com o diretor da Cadeia Pública, José Fernandes:

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS