MOSSORÓ

"Pedimos insumos para trabalhar", afirma odontólogo na Câmara Municipal

Foto: Edilberto Barros | CMM
12 Jun
18:12 2018
A+   a-
Da redação
Os cirurgiões-dentistas do Estratégia Saúde da Família de Mossoró (ESF)  estiveram na Câmara Municipal de Mossoró, na sessão dessa terça-feira (12), para pedir apoio dos vereadores no diálogo com a Secretaria Municipal de Saúde para a discussão dos problemas enfrentados pela categoria.

Os profissionais entraram em greve na última terça-feira, 5 de junho, por melhores condições de trabalho e melhoria no salário. “Pedimos insumos para trabalhar, mais segurança nas unidades de saúde e que nosso salário seja reajustado”, afirmou Jean Carlos, odontólogo que falou em nome da categoria.

Sobre o salário, Jean Carlos explicou que os profissionais da ESF são contratados para trabalhar 20h e recebem gratificação para trabalhar  40h. “O que reivindicamos é que a gratificação seja incorporada ao salário, pois trabalhamos 40 horas semanais e quando nos aposentarmos vamos receber apenas em cima das 20h. Há 10 anos a gratificação está congelada e acabou passando a ser menor do que o salário base”, explicou.

Vereadores
Os vereadores se colocaram a disposição para mediar o diálogo entre a categoria e a Prefeitura. O vereador Ozaniel Mesquita (PR) se prontificou a auxiliar os profissionais na negociação com a Secretaria Municipal de Saúde. Rondinelli Carlos (PMN)  sugeriu que a Comissão de Saúde da Câmara acompanhe a reunião.

A vereadora Isolda Dantas (PT) solicitou uma Audiência Pública para discutir as questões apresentadas pela categoria. Já vereador Alex Moacir entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde e afirmou que o secretário Benjamin Bento já estava aguardando os cirurgiões-dentistas para uma reunião, ainda na manhã dessa terça-feira.

LEIA MAIS
Conselho de Odontologia interdita Centro de Especialidades inaugurado por Rosalba 

 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS