ESPORTE

Rodada de hoje na Copa tem Portugal, Uruguai e Espanha

Foto: Reprodução
20 Jun
09:03 2018
A+   a-
Da redação
Hoje é dia Cristiano Ronaldo, Suárez e Iniesta na Copa da Rússia. Uma rodada para os apostadores dos bolões arriscarem goleadas em seus palpites. Em campo, as duas favoritas do grupo B, Portugal e Espanha, jogam contra as seleções tecnicamente mais fracas. Além disso, o Uruguai enfrenta a Arábia Saudita, que foi goleada pela Rússia por 5 x 0, no jogo de abertura da Copa. Vale lembrar, porém, que surpresas já aconteceram nesta edição da principal competição do futebol mundial Copa. Brasil, Argentina e, principalmente, a Alemanha, que perdeu para o México por 1 x 0, que o digam.

Portugal x Marrocos
O melhor jogador do mundo e melhor da Copa até agora, Cristiano Ronaldo, enfrenta a seleção marroquina, derrotada por 1 x 0 pela seleção iraniana na primeira rodada. Marrocos até jogou melhor que o Irã, mas não conseguiu romper a defesa adversária. A expectativa é se o craque português vai repetir a grande atuação do jogo contra a Espanha, quando marcou três gols, arrancando um empate em 3 x 3 contra a seleção de Iniesta e Sérgio Ramos que teve contra a Espanha. Se isso acontecer, uma goleada é praticamente certa.

Porém, haverá um time do outro lado e, apesar de inferior tecnicamente, não poderá ficar apenas se defendendo se quiser fazer mais do que três jogos na Rússia. O Marrocos demonstrou ter qualidades e jogou melhor que o Irã. O gol contra sofrido no último lance foi um golpe duro para um time que buscou a vitória muito mais do que o adversário. Jogadas em velocidade, sobretudo pelas laterais, contra os zagueiros mais experientes – Pepe e Fonte têm 35 e 34 anos, respectivamente – e lentos de Portugal. Marroquinos e portugueses se enfrentam às 9h, em Moscou.

Uruguai x Arábia Saudita

Nenhum dos dois times jogou bem na primeira rodada. A diferença foi o que ambos conseguiram, apesar do desempenho. A dupla uruguaia Cavani e Suárez, vista como uma das mais perigosas da Copa, passou em branco contra o Egito. A vitória só veio no último lance, com um gol do zagueiro Giménez.

O treinador Óscar Tabárez optou por escalar dois jogadores mais experientes no meio campo, Cristian Rodríguez (32 anos) e Carlos Sánchez (33 anos) e afirmou não levar a idade do jogador em conta. “Eu não considero quem é mais jovem ou mais experiente, eu escolho de acordo com as necessidades do time. Para este jogo eu acho que este é o time certo”.

Neste confronto, os árabes têm um objetivo em mente: mostrar que superaram a derrota por 5 a 0 para Rússia, no primeiro jogo da Copa. “Esperamos melhorar nossa imagem provando [que merecemos] nossa presença no torneio. Tudo que nos importa é a felicidade da torcida”, disse o meio-campista Taisser Al Jassam, na coletiva de imprensa realizada ontem (19). Ele também afirmou que o calor de Rostov, local do jogo, não os afetará. “Estamos acostumados ao clima quente”. A partida entre Uruguai e Arábia Saudita será às 12h.

Espanha x Irã

O Irã treve a sensação de ser líder de um grupo com Espanha e Portugal, graças ao empate entre essas seleções e a sua vitória contra o Marrocos. Agora enfrenta a Espanha que, se não venceu na primeira rodada, fez um bom jogo. Mostrou o seu traducuinal toque de bola e qualidade nos passes e chutes a gol, tudo que faz lembrar o time campeão de 2010, na África do Sul.

O treinador da seleção iraniana, Carlos Queiroz, não se ilude quanto a diferença técnica dos dois times e espera que seu time faça o melhor possível em campo. “É óbvio que a Espanha tem melhores jogadores, mas não é apenas uma questão de jogadores. Somos um time que quer jogar a melhor partida de todas amanhã. Queremos tirar o melhor de seja lá quantas poucas oportunidades tivermos”. As duas seleções se enfrentam às 15h, em Kazan.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS