POLÍCIA

Entregador é morto a tiros no bairro controlado pelo crime em Mossoró

29 Jun
08:35 2018
A+   a-
Da redação
O entregador Manoel Eugênio do Rosário Neto, de 20 anos, residente a Rua Flávio Oliveira, no bairro Alto da Conceição, foi assassinado a tiros às 6 horas desta sexta-feira, 29, na Avenida Cunha da Mota, perto de onde mora com a família.
 
O Cabo PM Silva Belo, atendendo chamado do Ciosp, foi o primeiro policial a chegar ao local. Ele informou que vítima Manoel Eugênio estava pedalando uma bicicleta conduzindo a esposa como passageira, quando se aproximou um motoqueiro já atirando.
 
Manoel não teve chance de reação. Tombou morto em frente a uma residência na Avenida Cunha da Mota. O MOSSORÓ HOJE conversou, em off, com vários moradores. Eles afirmaram que Manoel Eugênio não tinha envolvimento com crime e vivia do trabalho.
 
Na rua que Manoel Eugênio mora com a família é marcada pelo crime. Está escrito em letras garrafais nos muros das casas que se se aproximar de moto, deve tirar o capacete, se tiver de carro, deve baixar os vidros. A Polícia Militar recebe chamados frequentes do local.
 
A Polícia Civil foi acionada ao local para iniciar as investigações. O Instituto Técnico-científico de Perícia (ITEP) também foi acionado ao local, para periciar o local e remover o corpo para exames. A princípio, Manoel Eugênio foi morto por tiros de revolver.
 
O caso de número 124 só este ano de Conduta Violenta Letal e Intencional no município de Mossoró deve ser investigado pela Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa, que terá um prazo inicial de 30 dias para concluir as investigações e enviar o inquérito a Justiça.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS