POLÍCIA

Assaltantes matam cozinheira e deixam guarda municipal baleado no bairro Bela Vista em Mossoró

03 Jul
08:09 2018
A+   a-
Da redação
Dois assaltantes mataram a cozinheira Maria Francineide Carlos, conhecido por Dona Preta, de 59 anos, no início da manhã desta terça-feira, 3, na região Oeste de Mossoró.

Na ocasião, a vítima saía de casa para o trabalho no Hospital Wilson Rosado numa motocicleta junto com o marido. Quando foi anunciado o assalto, o marido da vítima reagiu.

Na luta corporal, a arma do assaltante disparou e acertou a região da axila de Dona Preta, matando-a no local. 

O filho de Dona Preta, José Wilker Carlos, que é guarda municipal, tentou ajudar os pais e também terminou baleado. Foi socorido para o Hospital Regional Tarcísio Maia.

O ataque dos assaltantes aconteceu na Rua Lucas Evangelista de Morais, em frente a um Lava Jato, que fica nas imediações do Hotel Vitória, no bairro Bela Vista.

O MOSSORÓ HOJE conversou com os vizinhos e parentes da vítima. A família está em choque e os vizinhos assustados. Eles contaram que o medo reina no local.

Uma comerciante (nome preservado) contou que já foi assaltada 3 vezes. Logo do lado, havia uma pizzaria, que fechou depois de um tiroteio com duas mortes. 

Perto do local que Dona Preta foi morta e o filho baleado, um jogador de futebol aposentado contou que já aconteceram outros dois homicídios.

"Não sabemos nem o que fazer. Ligamos pra polícia, mas quando chegam, já é tarde. Aqui, vivemos nesta clima de tensão o tempo todo", conta 

O corpo de Dona Preta foi removido para exames na sede do Instituto Técnico-cientifico de Policia (ITEP).

O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada de Furtos e Roubos, que já investiga outros casos de latrocínios em Mossoró.


 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS