ESTADO

Empresário cancela Villa Fenacut, em Luís Gomes, um dia antes e causa revolta de foliões no RN e na PB

08 Jul
16:21 2018
A+   a-
Da redação
O casal Ciro Adriano e Polyana Mair fez muita publicidade, conseguiu apoio de políticos e de vários músicos de renome nacional para vender abadás e camarotes do evento Villa Fenacut, a ser realizado nos dias 6 e 7 na cidade de Luis Gomes/RN, entretanto, na véspera, cancelou o evento, deixando milhares no prejuízo no Rio Grande Norte e principalmente no Estado da Paraíba (PB).
 
O município de Luis Gomes está comemorando o aniversário de emancipação politica e administrativa. A Villa Fenacut seria uma sequencia dos festejos.

Entre os políticos que convidaram a população a comprar os abadás e os comarotes da Villa Fenacut está à prefeita Mariana Fernandes, do MPD, e do deputado estadual Gustavo Fernandes, do PSDB.

Ao divulgar a festa de emancipação, prefeita divulgou também a Villa Fenacut


 
Entre os artistas que gravaram a pedido do organizador Ciro Adriano, para a população comprar os abadás e os camarotes, está Xanddy, do Harmonia do Samba (abaixo), um dos contratados para animar o Villa Fenacut




Também foi divulgado massivamente nas redes sociais.
Villa Fenacut
21 de junho às 22:06 · Instagram ·
Aqui no bloco Villa Fenacut em Luís Gomes RN não será diferente! No maior bloco da região bloco Villa fenacut dias 06 e 07 de julho. @harmoniadosamba e o @xanddyharmonia isso é.... joga.
Abada oficial 130.00
Abada vip 150.00
Abada Itaipava 270.00
Camarotes 1700.00

 
Ciro Adriano chegou a montar a estrutura ou parte dela em Luis Gomes, porém o Corpo de Bombeiros, após avaliar, decidiu por não libera-la para o evento.
 
Os compromissos dos organizadores junto aos músicos como Xanddy e Psirico, não foram cumpridos e os próprios anunciaram, em notas, que o evento não iria acontecer, deixando aqueles que já haviam comprado os abadás e camarotes indignados.



É o maior calote do Rio Grande do Norte..."


O organizador Ciro Adriano se pronunciou sua rede social, confirmando o cancelamento e prometendo devolver os valores pagos pelos abadás e camarotes, que variou de R$ 130,00 a R$ 1.700,00. 


 
Entretanto, os próprios foliões desconfiam que o empresário Ciro Adriano não tem o dinheiro para devolver a todos que compraram abadás e camarotes e estão procurando a Polícia Civil para registrar Bolentim de Ocorrência por estelionato, como a Policia Civil está tratando este caso inicialmente.

As vítimas podem procurar a Delegacia de Polícia Civil local para registrar a ocorrência eou o delegado Inácio Rodrigues de Lima Neto, da Regional de Pau dos Ferros, a quem compete investigar casos desta natureza na cidade de Luis Gomes.
 
O delegado Inácio Rodrigues confirmou que já recebeu vários comunicados e que realmente está abrindo um procedimento para investigar o caso.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS