18 DEZ 2018 | ATUALIZADO 08:37
POLÍTICA

Relembre: cinco deputados do RN votaram contra investigar Temer em 2017

Beto Rosado, Fábio Faria, Felipe Maia, Rogério Marinho e Walter Alves votaram contra investigar o presidente Michel Temer no ano passado; Apenas Zenaide Maia, Antônio Jácome e Rafael Motta votaram a favor da invesitgação
Da redação
13/09/2018 09:22
Atualizado
13/12/2018 10:40
A+   A-  
Relembre: cinco deputados do RN votaram contra investigar Temer em 2017
"O povo que esquece sua história está condenado a repeti-la". Há pouco menos de um mês para o fim da campanha eleitoral, o eleitor deve estar atento sobre como agiu seu candidato em momentos decisivos para a história do país.

Em outubro do ano passado, a Câmara dos Deputados salvou o presidente Michel Temer (MDB) de uma investigação pela segunda vez. No total, foram 251 votos favoráveis a arquivar a denúncia, 233 contrários, duas abstenções e 25 ausências. Temer era investigado por organização criminosa e obstrução da justiça.

Temer precisava de ao menos 171 votos para se safar da investigação, o que acabou acontecendo com folga.

Dos oito deputados federais do Rio Grande do Norte, cinco votaram contra investigar o presidente. São eles: Beto Rosado (PP), Fábio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM), Rogério Marinho (PSDB) e Walter Alves (MDB). Votaram a favor de investigar Temer: Zenaide Maia (PHS), Antônio Jácome (Podemos) e Rafael Motta (PSB).

Veja como foi o voto de cada um:
Jácome: Sem investigação, não há punição de culpados, contra a impunidade e a corrupção.

Beto: A favor do relatório, voto sim.

Fábio: Voto com o relatório do PSDB, seu presidente.

Felipe: O Brasil tem conquistado índices econômicos favoráveis, o desemprego tem diminuido e nós estamos há um ano de novas eleições, não vamos criar instabilidade política, que vai gerar instabilidade econômica.

Rafael: eu dedico este momento histórico ao estado do Rio Grande do Norte, por um Brasil passado a limpo e pela investigação dos fatos, eu sou favorável a denúncia e contra este relatório

Rogério: Nós não podemos brincar com a nossa economia, nós não podemos brincar com o futuro dos brasileiros, nós estamos aqui diante de um legado da pior crise econômica alegada pelo PT ao Brasil, por isso voto sim.

Walter: Voto com o relator, voto sim.

Zenaide: Não à impunidade, Temer não está acima da lei, e o povo brasileiro está cheio de ver apartamentos de mala de dinheiro.

Dos deputados, apenas um não é candidato nas eleições deste ano: Felipe Maia, que deu lugar ao pai, José Agripino Maia. Rafael Motta, Rogério Marinho, Fábio Faria e Beto Rosado são candidatos à reeleição. Já Zenaide e Jácome são candidatos ao Senado Federal.

Com a decisão, a denúncia assinada pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, não seguiu para análise do STF e ficou suspensa até o fim do mandato de Temer, em 31 de dezembro de 2018. Também escaparam da investigação os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-geral da Presidência, Moreira Franco.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário