12 DEZ 2018 | ATUALIZADO 11:05
ESTADO

Em Natal, Alckmin defende parceria para montar rede de combate ao câncer

Alckmin também disse que muitas das instituições de saúde que atuam em parceria com o governo estão endividadas porque a tabela do SUS "não é corrigida há muito tempo"
Da redação
14/09/2018 13:14
Atualizado
12/12/2018 14:49
A+   A-  
Em Natal, Alckmin defende parceria para montar rede de combate ao câncer
Norton Rafael/Inter TV Cabugi
O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, visitou nesta sexta-feira (14) uma entidade de combate ao câncer em Natal (RN). Ele disse que, se eleito, vai priorizar medidas de tratamento da doença. Alckmin defendeu a parceria entre poder público e sociedade civil para criar uma rede de combate ao câncer.

"Nós vamos priorizar a questão do tratamento do câncer, diagnóstico precoce e tratamento [...] Trabalhar em rede, integrar os serviços do governo federal, estadual e municipal e das entidades. Esse é o bom caminho: a gente ser parceiro da sociedade civil. A sociedade civil faz a diferença. Metade dos leitos que atendem de graça são essas entidades, nós precisamos ser parceiro delas", afirmou o candidato.

Alckmin também disse que muitas das instituições de saúde que atuam em parceria com o governo estão endividadas porque a tabela do SUS "não é corrigida há muito tempo". A tabela determina quanto as instituições devem receber do governo pelos procedimentos e atendimentos que realiza.

O presidenciável afirmou que vai avaliar a concessão de crédito com juros subsidiados para essas entidades.

"A tabela do SUS não é corrigida há muito tempo. Quanto mais você atende, maior o prejuízo e aí as instituição vão ficando inadimplentes. Então nós vamos verificar a questão do crédito com juros subsidiado para modernização tecnológica das instituições. É meu dever, até como médico, ser parceiro de instituições como essa", disse Alckmin.
 


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário