ESTADO

Setembro Amarelo: Saúde de Tibau realiza conscientização contra suicídio

16 Set
23:52 2018
A+   a-
Da redação

A Prefeitura Municipal de Tibau, através da Secretaria Municipal de Saúde realizou na última sexta-feira, 14, solenidade de abertura da campanha “Setembro Amarelo”, mês de conscientização sobre a prevenção do suicídio.

O objetivo direto é alertar e emponderar os profissionais a respeito da realidade do suicídio na sociedade e quais suas formas de prevenção.

A psicóloga Ana Paula Lobo, mestre em Saúde Coletiva e residente em Saúde da Família e Comunidade pela Escola de Saúde Pública do Ceará, abordou “a problemática da prevenção ao suicídio” e enfatizou que esse ato já é considerado um problema de saúde pública. 

Conforme a psicóloga, os índices de mortalidade têm se mostrado crescente nos últimos anos, e alerta no sentido de que a prevenção dessa situação requer medidas que vão desde estratégias, baseadas em diálogos nos meios sociais, até capacitação de profissionais das mais variadas categorias, a fim de fomentar cuidados desde o manejo e a sua prevenção.

Já a enfermeira e mestre Sabrina Silva, representante do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), do município de Icapuí, falou sobre os processos de matriciamento, onde a ideia é discutir sobre temática do suicídio, que a campanha do “Setembro Amarelo” enfatiza.

A enfermeira salientou que é necessário remeter a discursão a todos os cenários e práticas de operam em saúde, bem como numa perspectiva intersetorial, pois a problemática está presente nos diversos setores da sociedade, escola, família e comunidade.

Para a secretária municipal de Saúde, Márcia Cristina, é imprescindível os diversos olhares das categorias profissionais para a construção de um plano de prevenção ao suicídio principalmente na esfera municipal.

A secretária observou ainda, como mencionado pela enfermeira Sabrina Silva, é importante discutir a prevenção ao suicídio por meio de uma proposta intersetorial “visando à construção coletiva de cuidado integral às populações vulneráveis na intenção de atingir e sensibilizar profissionais das mais diversas categorias sobre a temática”, externou a secretária complementando que ser “muita relevância o trabalho e apoio de todos na prevenção ao suicídio e a valorização da vida”.  

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS