ECONOMIA

De "temporário" a "efetivo": como aproveitar a oportunidade?

24 Set
17:19 2018
A+   a-
Da redação

Os últimos meses do ano costumam ser agitados devido à alta nas demandas de Natal, época mais lucrativa para a indústria e o varejo. Segundo informações passadas pela Luandre, consultoria de RH que atende 200 das 500 maiores empresas do país, a previsão é de aumento de 30% na contratação de profissionais temporários para as áreas de indústria, logística e varejo, em comparação com o mesmo período no ano passado.

Mas, como aproveitar a oportunidade e tornar-se efetivo dentro da empresa? A especialista em RH, Juliane Antonio, dá dicas básicas que vão ajudar quem pretende acabar 2018 com carteira assinada, dinheiro no bolso e um contrato efetivo para o ano que vem, já que, segundo Juliane, "a média de efetivação de temporários, na Luandre, é de 40%".

Venda, ainda mais, suas qualidades

Você teve um tempo curto durante o processo seletivo para mostrar quem é e quais são suas habilidades. Utilize esse "tempo extra" de contratação e mostre sua capacidade profissional e seus conhecimentos.

Demonstre comprometimento

Alguns profissionais acabam não demonstrando o devido interesse em razão de terem sido contratados para um regime de trabalho temporário. "Um profissional que mostra dedicação e comprometimento tem todas as chances de ser efetivado. Caso não haja espaço para efetivação após o término do contrato, ele pode abrir portas para uma oportunidade dali a alguns meses ou para uma indicação do contratante para outra empresa".

Cause uma boa impressão

"Ao iniciar a sua jornada como temporário é importante ter em mente que nada está garantido, então demonstre que você realmente está interessado na empresa e na função que está exercendo, buscando sempre o melhor para você e o ambiente em que está atuando", destaca a especialista.

Invista em conhecimento

Agora que você conquistou uma oportunidade, invista parte do seu salário em conhecimento. Faça cursos, participe de eventos e absorva conteúdos que possam trazer aprimoramento profissional.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS