ESTADO

Imagem polêmica compartilhada por filho de Bolsonaro foi feita por potiguar adepto do #elenão

26 Set
18:50 2018
A+   a-
Da redação
O vereador do Rio Carlos Bolsonaro (PSL), filho de presidenciável Jair Bolsonaro, reproduziu uma imagem que simula tortura e causou polêmica nas redes sociais. A imagem, publicada originalmente em protesto contra o candidato, mostra um jovem com um saco na cabeça e sujo de um líquido que simboliza sangue. O homem que aparece na foto também tem a inscrição #EleNão escrita no peito com tinta preta.

A foto foi feita por Ronaldo da Silva Nascimento, de 24 anos. Ele disse que é formado em Redes de Computadores e é morador de Nísia Floresta, a cerca de 30 quilômetros de Natal, no Rio Grande do Norte. O jovem compartilhou as imagens como parte do movimento hashtag #EleNão e costuma fazer fotos de protesto e publicá-las em suas redes sociais. Ele publicou a imagem replicada por Carlos Bolsano em seu perfil na última segunda-feira.

— Eu sou do interior do Rio Grande do Norte, de Nísia Floresta. Por causa do nome da mulher da minha cidade, que era uma grande feminista, por isso que eu faço esse tipo de imagens. Eu mesmo que tiro minhas fotos. Mas não era para denegrir ninguém. Tenho medo que aconteça algo comigo já que estão me atacando — disse Ronaldo, que contou ainda estar recebendo muitos xingamentos pela rede social.

Em entrevista ao jornal O Globo, Ronaldo contou que um usuário entrou em sua página e logo em seguida começaram a surgir ataques e xingamentos em seu perfil. A reportagem entrou no perfil apontado pelo jovem e constatou que o homem compartilhou a imagem na própria timeline na segunda-feira.

Após o usuário apontado por Ronaldo compartilhar a foto em que o jovem aparece com o saco na cabeça, o perfil @direitapvh, que segue esse usuário, também respostou a imagem na terça-feira. A página @direitapvh, que é seguido por Carlos Bolsonaro, faz postagens com críticas ao Partido dos Trabalhadores, ao ex-presidente Lula e com apoio ao presidenciável do PSL. A página de direita também foi marcada por Carlos Bolsonaro quando ele replicou a imagem do jovem.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS