ESTADO

Campus da Uern em Pau dos Ferros completa nesta sexta-feira 42 anos

28 Set
16:26 2018
A+   a-
Da redação

Fundado em 28 de setembro de 1976, o Campus Avançado Profª. Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), em Pau dos Ferros, comemora 42 anos formando e transformando vidas e a realidade socioeconômica da região do Alto Oeste. O Campus foi criado pelo Ato nº 15/76, assinado pelo então prefeito de Mossoró, Jerônimo Dix-huit Rosado Maia.

O CAMEAM divide as comemorações de aniversário com a própria UERN, que também celebra nesta sexta-feira 50 anos de história. Ao longo dessas décadas, o Campus de Pau dos Ferros se consolidou como referência no ensino superior na região, com cursos de graduação, especialização, mestrado e doutorado.

“O Campus da UERN em Pau dos Ferros constitui parte importante da nossa Instituição. O Campus fincado no Alto Oeste potiguar desenvolve a sua missão de formar pessoas e transformar vidas. Com reconhecida força da sua graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão universitária, a UERN em Pau dos Ferros, com uma comunidade de mais de dois mil estudantes vinculados ao ensino superior, é ciente desse papel transformador que a Instituição leva às pessoas do interior do Rio Grande do Norte”, avalia o diretor do CAMEAM, Jailson José dos Santos.

São ofertados 14 cursos com entradas regulares, sendo nove cursos de graduação, quatro de mestrado e um de doutorado. O Campus ainda trabalha a oferta de Doutorado Interinstitucional (DINTER), como instituição promotora, junto ao Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão–PE).

Jailson dos Santos enfatiza que a pós-graduação é um dos destaques do CAMEAM. Em 2008, quando foi implantado o Mestrado em Letras, Pau dos Ferros foi a menor cidade do Brasil a ofertar um curso de Mestrado Acadêmico. Hoje o Campus se destaca no interior do Nordeste Semiárido como um Centro de Ensino Superior também no nível da pós-graduação que tem atraído alunos do interior do Nordeste e também de capitais como Natal e Fortaleza.

O amadurecimento na pesquisa e o crescimento na área possibilitaram ao Campus a captação de recursos através de projetos. “A biblioteca foi fruto de um projeto de pesquisa”, ressalta o diretor. Com três pavimentos modernos numa área de 700 m², a construção da biblioteca foi contemplada com o edital do CT-Infra, da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), orçada em mais de R$ 1,3 milhão.

“O Campus tem se destacado na pós-graduação. Com muitos grupos de pesquisa, a UERN em Pau dos Ferros já conta cinco programas de pós-graduação – Mestrado e Doutorado, e agora oferta o primeiro Doutorado Interinstitucional, primeiro da Instituição, que levará a experiência de pós-graduação ao interior de Pernambuco. Uma façanha para um Campus do interior do RN, que é locus de excelência na pesquisa”.

Para Jailson José dos Santos, o CAMEAM atua como um fomentador do desenvolvimento regional, enfatizando o impacto social que os cursos e atividades oferecidas pela unidade possuem na região.

Com informações da assessoria da Uern

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS