POLÍCIA

Justiça absolve, por falta de provas, empresário mossoroense Zenilson Menezes do crime de estupro

05 Out
18:28 2018
A+   a-
Da redação
O juiz Cláudio Mendes Júnior, da 3ª Vara Criminal de Mossoró, absolveu o empresário Zenilson da Silva Menezes, de 36 anos, do crime de estupro, pelo qual ele estava sendo acusado desde maio deste ano. A decisão é desta sexta-feira (05). A informação foi confirmada ao MOSSORÓ HOJE pelo advogado de defesa Olavo Hamilton.

A justiça entendeu que não houve estupro e sim uma relação concedida. O advogado explicou que, para absolver o empresário, o juiz tomou como base conversas de WhatsApp entre vítima e acusado, testemunhas da ocasião, fotografias dos dois, além do próprio depoimento da adolescente.

"Ela chegou a dizer que ele teria inventado o aniversário de uma funcionária para atrai-la para o local", afirmou Olavo. No entanto, a tal funcionária prestou testemunho e confirmou que, de fato, naquele dia, era seu aniversário. Além disso, citou a contradição do depoimento da jovem. Em um momento, ela disse que estava bêbada e em outro lúcida.

O caso
O empresário Zenilson Menezes foi acusado de estuprar uma adolescente de 16 anos no dia 20 de maio deste ano. Zenilson foi preso na cidade de Aracati (CE) no dia 2 de agosto. Ficou preso preventivamente e teve a prisão revogada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Veja mais
Menor violentada diz que justiça virou as costas para ela
TJRN derruba preventiva de Zenilson Menezes
Entrevista EXCLUSIVA com empresário acusado de estuprar menor
Delegada pela apoio da população para prender empresário
Em nota, empresário nega que tenha estuprado menor
Empresário acusado de estuprar menor é procurado pela PF
Justiça decreta prisão preventiva de Zenilson Menezes
Empresário acusado de estuprar menor diz à polícia que só vai falar sobre o caso em juízo

 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS