POLÍTICA

Em game, avatar de Bolsonaro espanca mulheres, militantes de esquerda e negros

09 Out
16:26 2018
A+   a-
Da redação

A candidatura de extrema direita de Jair Bolsonaro (PSL) ganhou um novo componente por meio da desenvolvedora de games BS Studios. A empresa lançou, faltando apenas dois dias para a realização do primeiro turno das eleições, o jogo Bolsomito 2k18. No jogo, que custa R$ 8,91, o jogador utiliza o avatar de Bolsonaro para espancar feministas, negros e militantes de esquerda. O game também faz insinuações preconceituosas contra nordestinos ao utilizar como imagens de fundo caminhões com a inscrição "Casa do Baiano". O termo "baiano" é utilizado pejorativamente por pessoas do Sul e Sudeste do Brasil para se referir aos nordestinos.

A descrição do jogo não deixa dúvidas sobre o teor do game. "Derrote os males do comunismo nesse game politicamente incorreto, e seja o herói que vai livrar uma nação da miséria", diz o texto. "Esteja preparado para enfrentar os mais diferentes tipos de inimigos que pretendem instaurar uma ditadura ideológica criminosa no País. Muita porrada e boas risadas", completa a descrição.

Para chegar ao final, o jogador tem como "objetivo principal acabar com os líderes do temido exército vermelho, responsável por alienar e doutrinar grande parte da nação, para que defendam e lutem por suas causas terríveis". "No entanto, para chegar nos cabeças da organização, o Bolsomito deverá enfrentar diferentes grupos que tinham como missão defender o povo, mas hoje, nada mais são que marionetes do exército vermelho", ressalta o texto.

O game, em formato 2D tem como plataforma o estilo briga de rua (Beat' em up) e, segundo a desenvolvedora, "é inspirado no atual momento político brasileiro e tem como protagonista um cidadão de bem que está cansado da crescente corrupção e inversão de valores que abala a sociedade".

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS