12 DEZ 2018 | ATUALIZADO 23:35
POLÍCIA

"Rei do Papa Entulho" é morto a tiros ao abastecer no bairro Doze Anos; vigilante figura como suspeito

Sérgio de Sinésio, como era mais conhecido, havia saído do 27 Saideira com três amigos de outra região que acabara de conhecer. As primeiras suspeitas é que o vigilante armado do posto seria o principal suspeito do crime
Da redação
11/10/2018 05:55
Atualizado
12/12/2018 03:28
A+   A-  
"Rei do Papa Entulho" é morto a tiros ao abastecer na Doze Anos; vigilante figura como suspeitoi
O empresário Sérgio Feitosa da Silva, o popular Sérgio de Sinésio, de 37 anos, foi assassinado a tiros durante a madrugada desta quinta-feira, 11, quando abastecia seu veículo no Posto de Combustível do cruzamento das ruas Felipe Camarão com Princesa Isabel, no bairro Doze Anos, região Central de Mossoró.

A vítima estava com três amigos de outra região no veiculo, que haviam conhecido no 27 Saideira. Numa primeira versão, os assassinos já estavam seguindo ele numa motocicleta. Quando ele parou o carro para abastecer, os assassinos o mataram usando pistola calibre 380.

A segunda versão, esta com mais sentido, a vítima teria parado seu carro para abastecer e urinado no local que deveria haver um banheiro aberto, iniciando assim um bate boca com o vigilante do posto, que teria sacado a arma e atirado em Sérgio de Sinésio.

Esta segunda versão ganhou corpo com a declaração do delegado de Plantão, que afirmou que o crime está praticamente esclarecido. As testemunhas teriam identificado o vigilante, que por sua vez já teria contratado um advogado para se apresentar expontaneamente.

O corpo do empresário, do ramo de papa entulho, foi removido para exames na sede do Instituto Técnico-científico de Perícia (ITEP) e depois liberado (já na manhã desta quinta-feira, para velório e sepultamento". Sérgio de Sinésio é filho do comerciante Sinésio.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário