POLÍTICA

Cabo Daciolo pede ao TSE anulação do 1º turno das eleições por fraude

Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados
11 Out
09:07 2018
A+   a-
Da redação
O deputado federal e candidato derrotado à Presidência, Cabo Daciolo, voltou a pedir ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), nesta quarta-feira (10), o uso de cédulas de votação em papel nas eleições do país. Ele é crítico às urnas eletrônicas alegando fraudes.

O candidato do Patriota pede também a anulação dos resultados do primeiro turno de votação, realizado no domingo (7). Ele terminou o primeiro turno em sexto lugar. "Hoje, depois das eleições, trouxemos mais fatos concretos, provas materiais de que a fraude está escancarada em todo o território nacional, só o TSE capturou mais de dois mil urnas onde ficou claro a fraude", disse em entrevista à imprensa.

O deputado federal disse ainda que vai procurar todos os presidenciáveis para tratar o assunto e reclamou que, agora, os candidatos estão calados. Citou, nesse trecho, Jair Bolsonaro, do PSL, que gravou vídeos também mencionando fraudes nas urnas. "Por que agora estão calados, por que agora estão em silêncio? Eu quero saber qual a posição de todos os presidenciáveis, o que eles têm a dizer do fato das urnas eletrônicas serem ou não serem fraudulentas", reclamou.

O TSE tem afirmado, por diversas vezes, que não há registro de fraudes nas urnas eletrônicas desde que foram implantadas, em 1996. A ministra do tribunal, Rosa Weber, disse que o sistema eletrônico é seguro e pode ser auditado. "Preocupação sempre nós temos, mas nós temos que enfrentar nossas preocupações com tranquilidade, num estado democrático de direito, o bom é isso, que as pessoas possam se expressar", afirmou.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS