POLÍCIA

Jovem caraubense é encontrada morta com corte na garganta em Messias Targino

06 Nov
16:04 2018
A+   a-
Da redação
A polícia está descartando a possibilidade de Janaína Soares da Silva, 18, natural de Caraúbas, ter cometido suicídio. O corpo dela foi encontrado sobre um colchão em uma casa no bairro de Nova Messias, em Messias Targino.
 
Segundo os relatos preliminares dos agentes, não havia qualquer instrumento, nem pistas que pudessem levar a crer que Janaína tivesse tirado a própria vida.
 
Peritos do Instituto Técnico-Cientifico de Perícia, se deslocaram de Mossoró até a cidade. A princípio, apontou como causa da morte de Janaína, assassinato.
 
Os peritos encontraram o corpo dela no quarto em que morava com o marido com hematomas no queixo, na região do pescoço e um corte profundo na garganta. A suspeita de que o marido de Janaína possa ter cometido o crime, como imaginado anteriormente, foi descartada. O autor não é conhecido até o momento.
 
O delegado que investiga o caso, Paulo Nilo, em entrevista ao MOSSORÓ HOJE informou que ainda não pode considerar o fato como crime de homicídio. "Estamos esperando o laudo do ITEP para saber se foi homicídio ou suicídio", disse.
 
O MOSSORÓ HOJE recebeu informações de que se trata de homicídio. O assassino teria esganado com as mãos e em seguida, usado um lençol. Depois disso, a jovem foi degolada.

Janaína era viúva, porque o seu primeiro marido, Bruno João da Silva, foi morto em troca de tiros com a polícia, quando tentava assaltar a casa lotérica de Messias Targino, ao lado de um comparsa que também foi morto.
 
VEJA MAIS
Dois criminosos morrem em confronto com a polícia de Patu após assalto

 Informações publicadas em blogs da região informaram que Janaína estava morando com o segundo marido havia dois meses, em Messias Targino.
 
 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS