29 JUN 2022 | ATUALIZADO 08:59
ESTADO
24/05/2022 14:36
Atualizado
24/05/2022 14:46

Bebê de 4 meses que morreu com suspeita de hepatite misteriosa em Mossoró é da Serra do Mel

De acordo com a secretária de saúde de Mossoró Morgana Dantas, a criança esteve internada desde o dia oito na UTI pediátrica do Hospital Wilson Rosado, indo a óbito dia dezessete de maio. O caso está sendo investigado pela Sesap. O infectologista e diretor do Hospital Giselda Trigueiro, Dr. André Prudente, explica que os casos notificados de hepatite de etiologia desconhecida não foram causados pela vacina contra a Covid19, já que muitas crianças que tiverem essa hepatite, principalmente no Reino Unido onde a dos casos foram notificados, não tomaram a vacina contra covid até por ter uma idade inferior a cinco anos.

O bebe de quatro meses que morreu no último dia 17 deste mês em Mossoró, com suspeita de Hepatite aguda misteriosa é da cidade de Serra do Mel.

De acordo com a secretária de saúde de Mossoró Morgana Dantas, a criança esteve internada desde o dia oito na UTI pediátrica do Hospital Wilson Rosado, indo a óbito dia dezessete de maio.

“O estado quem está fazendo essa investigação, estamos ainda aguardando os resultados de todos os exames que foram colhidos, para daí sim fechar o diagnóstico. Então não tem diagnóstico ainda fechado para hepatite de etiologia desconhecida. Aguardamos resultados de todos os exames de descarte de todas as outras doenças para aí sim fechar o diagnóstico da mesma”, explicou Morgana.

Segundo a secretaria, o bebê tinha comorbidades como sintomas de desconfortos respiratório, dispnéia, tosse, febre, uma pneumonia. Era também uma criança com síndrome de Down, tinha lesão renal e cardiopatia congênita.

A Sesap se pronunciou por meio de nota nesta segunda-feira (23), e disse que o caso é acompanhado pelo Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde.

O infectologista e diretor do Hospital Giselda Trigueiro, Dr. André Prudente, explica que a hepatite é toda inflamação do fígado, que pode ocorrer por diversas causas como: vírus, bactérias, fungos, medicamentos, por drogas ilícitas e até por substâncias químicas. As mais conhecidas são pelos vírus A, B e C.

Ele explica que uma série de notificações de casos de uma hepatite de etiologia desconhecida tem sido feitas ao redor do mundo. Segundo Dr. André Prudente, a causa ainda é misteriosa mas já se sabe que não é por nenhum dos vírus mais conhecidos que provoca hepatite, não é por nenhum medicamento e nem pela vacina contra a Covid 19.

“Não é absolutamente pela vacina da contra a Covid, já que muitas das pessoas que tiverem essa hepatite, principalmente no Reino Unido onde a dos casos foram notificados, jamais tinham tomado a vacina contra covid até por ter uma idade menor inferior a cinco anos”, disse.

Ainda segundo o infectologista, toda e qualquer hepatite pode se manifestar com febre, dor abdominal, náuseas, vômitos, a urina escura, as vezes claras em alguns casos os olhos e pele ficam amarelados.

“Quando as pessoas identificarem esses sintomas, devem procurar o atendimento médico. Diversas podem ser as causas e o médico vai ter condições de diagnosticar as principais delas”, frisou.

Quando nenhuma causa já conhecida for encontrada, as pessoas serão enquadradas como Hepatite misteriosa.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário