29 JUN 2022 | ATUALIZADO 08:59
ESTADO
26/05/2022 15:23
Atualizado
26/05/2022 15:23

Mais de 300 frascos de vacinas contra febre aftosa e brucelose vencidas são apreendidos no RN

As vacinas, apreendidas pelo Idiarn durante fiscalizações de rotina à revendas autorizadas, estavam fora do prazo de validade e também da temperatura necessária (2 a 8 graus). Se utilizadas, as doses não surtiriam efeito na imunização dos animais. A primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa está em andamento e segue até o final do mês de maio. Neste primeiro momento, todos os animais devem ser vacinados.
FOTO: DIVULÇÃO/IDIARN

O Instituto de Defesa e Inspeção Sanitária Animal - IDIARN realizou, neste mês, ações de fiscalização nas revendas autorizadas que comercializam vacinas utilizadas nas campanhas de vacinação contra febre aftosa e brucelose.

Durante as ações foram apreendidos mais de 300 frascos. As vacinas, apreendidas em ações de rotina, estavam fora do prazo de validade e também da temperatura necessária (2 a 8 graus). Se utilizadas, as doses não surtiriam efeito na imunização dos animais.

“As revendas autorizadas passam por fiscalizações periódicas justamente para que possamos garantir que o transporte e armazenamento dos frascos sigam os fatores necessários. Além disso, também são analisadas as documentações de regularização da revenda agropecuária”, afirmou o diretor-geral do IDIARN, Mário Manso.

A primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa está em andamento e segue até o final do mês de maio. Neste primeiro momento, todos os animais devem ser vacinados.

"As vacinas devem ser adquiridas em uma das lojas autorizadas e ressaltamos que todos os estabelecimentos aptos a comercialização possuem selos que identificam que o local passa por ações de fiscalização", alertou Mário Manso.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário