ECONOMIA

Petrobras fecha duas vendas de ativos por US$ 587 milhões

Foto: Josemário Alves
30 Dez
08:30 2016
A+   a-
Da redação
A Petrobras fechou, nesta quarta-feira (28), duas vendas de ativos no valor total de US$ 587 milhões. Em uma das vendas, a subsidiária Petrobras Biocombustível (PBIO) vendeu para a Tereos Participations – empresa do grupo francês Tereos – a sua participação na Guarani, correspondente a 45,97% do capital da companhia, pelo valor de US$ 202 milhões.

O Conselho de Administração da Petrobras também aprovou a venda da Companhia Petroquímica de Pernambuco (PetroquímicaSuape) e da Companhia Integrada Têxtil de Pernambuco (Citepe) para duas subsidiárias da empresa mexicana Alpek, pelo valor de US$ 385 milhões.

Com as operações anunciadas, o programa de parcerias e de investimentos da Petrobras totalizou US$ 13,6 bilhões no biênio 2015-2016. Os ativos negociados nesta quinta não contam com empregados próprios da Petrobras, e os vínculos empregatícios junto às respectivas companhias não são alterados em função das transações.

Os dois acordos fechados fazem parte das cinco transações que podem ter seus contratos assinados de acordo com a decisão cautelar do Tribunal de Contas da União (TCU).

Todas as transações foram conduzidas por meio de processo competitivo e o preço das vendas foi avaliado por diversas instituições financeiras, por meio de opiniões independentes sobre o valor justo (fairness opinion) e um relatório de avaliação (valuation report).

Empresas compradoras

A Guarani é uma das empresas líderes do mercado brasileiro de açúcar e etanol. A companhia ocupa a terceira posição entre os maiores produtores de açúcar do Brasil e detém oito unidades industriais: sete no Brasil, em São Paulo, e uma em Moçambique, na África.

A Tereos, que é sócia da PBIO na Guarani com 54,03% do capital total, é a terceira maior produtora de açúcar no mundo. O grupo é especializado na transformação de matérias-primas em açúcar, etanol e álcool.

Com informações governo federal

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS