GERAL

"Temos um projeto impessoal de Universidade", afirma reitor da Uern ao anunciar que não disputará reeleição

Foto: Arquivo/MH
05 Jan
10:24 2017
A+   a-
Da redação
O reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Pedro Fernandes, confirmou ao MOSSORÓ HOJE que não será candidato à reeleição. Ele também anunciou que apoiará o nome da professora Fátima Raquel, atual pró-reitora de Planejamento, Orçamento e Finanças da instituição.

“Temos um projeto impessoal de Universidade. A instituição é muito rica em nomes e, dessa forma, entendo que temos como dar continuidade ao projeto renovando os gestores”, afirmou Pedro Fernandes, que foi eleito para comandar a Uern, ao lado do professor Aldo Gondim, em março de 2013.

Na eleição passada, Pedro derrotou os então candidatos da oposição Gilton Sampaio e Ana Dantas, nomes que novamente vêm sendo ventilados como opções para o pleito deste ano. A professora Telma Gurgel também é apontada como provável candidata.
 
Comissão

Nesta quarta-feira, 4, foi instalada a Comissão Eleitoral da Uern para o pleito. A eleição ocorrerá dia 22 de março de 2017. A instalação e reunião dos membros teve inicialmente a participação da reitora em exercício professora Maria Auxiliadora Alves Costa, e do chefe de gabinete professor Tarcísio da Silveira Barra.

A Comissão é formada por professores, técnicos-administrativos e aluno do curso de Direito, indicados pelo gabinete do reitor, pelo Sindicato dos Técnicos Administrativos da UERN (SINTAUERN), Associação dos Docentes da UERN (ADUERN), Diretório Central dos Estudantes (DCE) e pelo Conselho Universitário (CONSUNI/UERN).
 
 

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS