POLÍCIA

Suspeito de ataque a tiros é preso quando tentava apagar tatuagem de palhaço em Assu

Foto: Divulgação | Polícia Civil
11 Mai
08:17 2018
A+   a-
Da redação
A Polícia Civil de Assu prendeu em flagrante, na tarde desta quinta-feira, 10, Herbert Spender Silva Meira, de 18 anos, o Betinho, suspeito de tentar matar a tiros, horas antes, Matheus Bezerra da Silva, Matheus Bocão, e Paulo Henrique de Souza Anselmo, Paulinho, no município de Assu.

Betinho foi preso num estúdio de tatuagem quando tentava apagar a tatuagem de um palhaço que tinha nas costas. Ele disse à polícia, que a imagens, no submundo do crime, significa "matador de policiais" ou "ladrão", e como sabia que seria preso em breve, não seria interessante ir para a cadeia com a tatuagem.

O suspeito tentou matar Matheus Bocão e Paulinho com a ajuda de uma outra pessoa. Este está sendo procurado pela polícia. As duas vítimas do ataque a tiros também são investigadas por crimes no município.

Com Betinho, os policiais apreenderam 21 pedras de crack prontas para comercialização. Ele foi autuado pelo delegado Cidorgeton Tony Pinheiro pelos crimes de dupla tentativa de homicídio e tráfico de drogas.

A Polícia Civil agradeceu a colaboração da população com informações. Quem quiser fazer denúncias, pode fazê-las através dos números:  9 9992-2122 e (84) 9 8155-2956.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIOS