22 ABR 2024 | ATUALIZADO 16:57
ESTADO
Da redação
22/08/2016 11:42
Atualizado
13/12/2018 14:39

Justiça determina prisão de Carla Ubarana e George Leal

A+   A-  
Casal é condenado por desvios recursos do TJRN, no escândalo dos precatórios. Eles foram presos por agentes da Delegacia de Captura (DECAP) de Natal.
Imagem 1 -  Justiça determina prisão de Carla Ubarana e George Leal
Reprodução
A Justiça determinou a prisão da ex-chefe da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), Carla Ubarana de Araújo Leal, e do seu marido, George Luís de Araújo Leal.

Carla e George foram presos por agentes da Delegacia de Captura (DECAP) de Natal. O motivo da prisão ainda não foi divulgado. Eles passam neste momento por exames de corpo de delito na sede do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) da Ribeira.
 
O casal Ubarana já havia sido condenado, em março de 2013, a 10 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado (Carla) e de 6 anos e 4 meses de reclusão no regime semiaberto (George), pelo crime de peculato.

Eles foram sentenciados após confessaram o envolvimento em esquema criminoso que desviou recursos da Divisão de Precatórios do TJRN. De acordo com relatório produzido em inspeção pelo Tribunal de Contas do Estado, o valor dos recursos desviados atingiu o montante de R$ 14,195 milhões.


 

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário