15 SET 2019 | ATUALIZADO 10:41
POLÍCIA

Laudo aponta que mãe foi estrangulada no pescoço e a bebê teve a respiração obstruída até a morte

Possível assassino é o pai da bebê, Lindon Jhonson Assis, que tirou a própria vida no final da tarde desta quarta-feira, 18, na cidade de Governador Dix Sept Rosado, onde mora com a família
Da redação
19/10/2017 06:54
Atualizado
14/12/2018 08:30
A+   A-  
Imagem 1 -  Laudo aponta que mãe foi estrangulada no pescoço e a bebê teve a respiração obstruída até a morte
O Instituto Técnico-Científico de Policia (ITEP) divulgou oficialmente como a bebê Naiara Nicolly Assis Andrade, de 1 ano, e a mãe dela, Mara Melo de Andrade, de 20 anos, foram assassinadas às 14h desta quarta-feira, 18, dentro da residência onde moravam,na Rua Romualdo Galvão, no bairro Belo Horizonte, zona sul de Mossoró-RN.

Veja mais
Bebê de um ano e a mãe de 20 são encontradas mortas dentro de casa em Mossoró


Naiara Nicolly foi morta com asfixia direta, ou seja, ela teve as vias respiratórias obstruídas, possivelmente com a mão. Já a mãe dela, Mara Andrade, foi assassinada por asfixia mecânica, ou seja, o possível assassino pressionou a garganta dela até a morte. As duas foram encontradas mortas, uma ao lado da outra, às 17h desta quarta-feira, na sala da residência.

As informações são do subcoordenador regional do ITEP, Ediberto Medeiros, de Mossoró. O atestado de óbito foi assinado pelo médico Ivis. Não existe dúvidas quanto a causa mortes. Agora cabe a Polícia Civil investigar quem as matou.

O mais provável é que o assassino da bebê e da jovem Mara Andrade seja o pedreiro Lindon Jhonson Assis, que tirou a própria vida em sua residência na cidade de Governador Dix Sept Rosado, por volta das 16h30. Mara era amante de Lindon Jhonson há cinco anos. Esta informação foi confirmada pelos vizinhos e também pelos familiares.

O duplo assassinado, que deixou a população chocada, deve ser investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa de Mossoró, que tem a frente os delegados Rafael Arraes e Liana Aragão, que devem iniciar os trabalhos de investigação neste caso ainda nesta quinta-feira, devendo concluir num prazo inicial de 30 dias.

Os corpos de mãe e filha foram liberados após exames na manhã desta quinta-feira, 19. O velório será na no Centro de Velório Sempre, ao lado do Tiro de Guerra 07010, na Rua Melo Franco, no Centro de Mossoró. O sepultamento está previsto de acontecer no final da tarde no Cemitério Novo, na BR 304, perto do Aspetro.

O provável horário do duplo homicidio foi 14 horas, considerando os depoimentos dos vizinhos, dos familiares do suspeito e a rigidez cadavérica. Este foi o horário que os vizinhos falaram que ouviram um grito e a criança chorando. E, de 13 horas, o suspeito Lindon Jhonson Assis foi visto deixando o filho de 10 anos na escola, na cidade de Governador Dix Sept Rosado. 

O que teria motivado Lindo Jhonson Assis a matar a amante e a filha de 1 ano em instantes.

 

Notas

News Center

Publicidades

MOSSORÓ Vanderlanio

Outras Notícias

Deixe seu comentário