23 JAN 2019 | ATUALIZADO 19:42
POLÍCIA

Polícia prende trio e apreende 100 kg de maconha prensada na Grande Natal

Segundo a Polícia Civil de Parnamirim, foi detectada forte presença de membros do Sindicato do Crime do RN em diversas localidades do bairro de Nova Parnamirim, realizando comércio de entorpecentes em larga escala.
Da redação
08/05/2018 10:00
Atualizado
13/12/2018 11:56
A+   A-  
Polícia prende trio e apreende 100 kg de maconha prensada na Grande Natal
Comunicação Polícia Civil RN
A 2ª Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim, com o apoio da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM) na tarde desta terça-feira, 8, apreendeu cerca de 100 kg de maconha e prendeu as pessoas de Pedro Freire da Rocha, 21, Antônio Marcos de Araújo, 25, e Allan Matheus Gomes Mendes, 23, pelo cometimento do crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Durante investigações realizadas por esta unidade policial, foi detectada forte presença de criminosos membros da Facção Criminosa Sindicato do Crime do RN em diversas localidades do bairro de Nova Parnamirim, realizando comércio de entorpecentes em larga escala.

As investigações apontaram a existência de um núcleo de distribuição de droga na Rua Capitão Eraldo Cunha, bairro de Nova Parnamirim.



Na data de hoje, policiais da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim descobriram um ponto de distribuição de droga e, ao adentrar na residência, apreenderam aproximadamente 100 kg de maconha prensada em 104 tabletes e detiveram 03 indivíduos que guarneciam o material entorpecente. Em seguida, contou com o apoio e reforço de policiais da ROCAM para a realização das buscas e demais procedimentos cabíveis.

Com a prisão, a 2ª DP de Parnamirim fecha um grande centro de distribuição e comercialização de entorpecentes, apreende elevado volume de droga e prende elementos de alta periculosidade integrante da Facção Criminosa Sindicato do Crime do RN.

A 2ª DP de Parnamirim conta com o apoio da população local para elucidar crimes de tráfico de drogas, homicídios, roubos e outros crimes de maior gravidade. Para tanto, conta com um serviço de "Disk Denúncia" próprio através do aplicativo What's App no nº (84) 9 8135-6724, sendo garantida a preservação do anonimato do denunciante.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário