23 JAN 2019 | ATUALIZADO 19:42
POLÍTICA

General Girão Monteiro defende uso da "espada" para recolocar o Brasil no "rumo certo, à direita"

Postagem de Girão, que ocupou o cargo de secretário de Segurança de Mossoró, se tornou assunto nacional, sendo destacado pelo portal Brasil 247.
Da redação
14/05/2018 14:18
Atualizado
14/12/2018 01:53
A+   A-  
General Girão Monteiro defende uso da "espada" para recolocar o Brasil no "rumo certo, à direita"
O general da reserva e ex-secretário de Segurança de Mossoró, Elieser Girão Monteiro, defendeu, via Twitter, o uso da "espada" para "recolocarmos o Brasil no Rumo certo, à direita", no último dia 12 de maio. A declaração gerou polêmica e virou notícia nacional.

Na postagem, Girão afirma: "A espada do Oficial deve ser usada em defesa da Pátria e da honra. Assim o fizemos no passado, fazemos no presente e o faremos no futuro. Nesse momento difícil de nossa história esse uso volta a ser necessário para recolocarmos o Brasil no Rumo certo, à direita. BRASIL!!!".



Girão é filiado ao mesmo partido do presidenciável Jair Bolsonaro, o (PSL), e é cogitado para disputar o governo do Rio Grande do Norte nas próximas eleições. O general ocupou o cargo de secretário de Segurança de Mossoró, na gestão da prefeita Rosalba Ciarlini, até abril deste ano.

O portal Brasil 247 lembrou que o post de Girão veio um dia após documentos do Departamento de Relações Exteriores dos Estados Unidos apontarem a autorização do governo do general Emílio Médici (196-1974) para militares do Centro de Informações do Exército (CIE) assassinarem 104 brasileiros.

Essa não é a primeira vez que militares se manifestam sobre intervenção militar no Brasil.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário